low/no poo

Perguntas frequentes sobre a técnica low e no POO

Cabelo cacheado ruivo

Olá leitores Cacheia! Resolvi fazer um post (com a ajuda das meninas que seguem essa técnica) para tirar as dúvidas de vocês do grupo Cacheadas em transição sobre o low/no poo. Espero esclarecer e ajudar vocês.

Caso surja alguma outra dúvida, veja nosso Guia Definitivo Low Poo

O que é low/no poo?

Nubs Lima

Bom, antes de responder a essa pergunta, vou recorrer a uma historinha. É sabido por vocês que nosso cabelo é ressecado por natureza. E acredita-se que o sulfato do shampoo retira os poucos nutrientes e óleos naturais que o nosso próprio couro cabeludo produz, deixando assim o cabelo mais fragilizado. O low/no poo nada mais é que uma técnica que consiste em utilizar shampoos sem sulfato (ou com pouco sulfato) com o objetivo de manter os óleos naturais do cabelo.

Qual a diferença entre low poo e no poo?

Low, em inglês, significa pouco. Ou seja, você utiliza shampoos com pouco sulfato OU sem nenhum sulfato no dia-a-dia (mas utiliza um antí-resíduo de 15 em 15 dias). Já no no poo, você elimina completamente o sulfato da sua rotina.

Mas… É só o sulfato?

O sulfato é o começo de tudo. Se você não o utilizar, você deve evitar condicionadores, cremes, pomadas, gel e sprays que contenham parafina, silicones insolúveis e outros produtos derivados do petróleo. Tudo isso porque o sulfato é que tem a função de retirá-los do cabelo. Então se você eliminá-lo, verifique se eliminou os outros também. Caso o contrário, seu cabelo ficará com aspecto sujo e oleoso em excesso.

Shampoo sem sulfato limpa de verdade?

Sim, tanto quanto os outros! O especial do sulfato é que ele retira a oleosidade do cabelo. (Tanto a natural quanto a artificial) e o nosso objetivo é manter a natural, certo?

Tenho dúvidas em relação a composição. É muito complicado identificar o que é liberado e o que não é. Tem uma maneira mais fácil para compreender as fórmulas?

Taynã Santos

Taynã, graças ao mercado externo, no Brasil todo cosmético é obrigado a ter sua composição (técnica) em inglês. Então complica pra nós, leigos, entendê-la. Com relação aos shampoos, você deve evitar os que possuem Sodium Lauryl SulfateAmmonium Laureth Sulfate e Sodium Laureth Sulfate. Os condicionadores, cremes etc devem conter óleos naturais, proteínas, hidratantes (D-Pantenol, Aloe e Vera, Manteiga de Karité, Açaí, Óleo de Macadâmia, qualquer coisa com origem natural, vitaminas etc). Evite os que contenham Paraffinum. Se você tiver dúvidas, você pode dar uma olhada na lista de produtos liberados, ou até mesmo consultar grupos como o No/low Poo Iniciantes.

É possível manter o low com pouca grana?

Nathalia Dos Santos Silva

Siiiim! É uma técnica que não gasta muito dinheiro, definitivamente. Se você der uma olhadinha na lista de produtos liberados (no item anterior) pouquíssimos deles passam de 20 reais. O que é difícil mesmo é encontrar a maioria dos produtos, mas a internet ta aí pra isso e tem sempre alguém compartilhando outros produtos. Pra você ter ideia, a maioria dos produtos da Natura, Johnson’s (que não passam de 7 reais) são liberados. A Maressa deu dicas de produtos para cabelo cacheado liberados para low poo aqui.

Quais são as reais vantagens de usar essa técnica?

Fernanda C. Ribeiro

Mantendo a oleosidade natural do seu cabelo, você – com certeza – gastará menos com reconstrução capilar. Seu cabelo precisará apenas dos cuidados básicos. O brilho natural dele se mantém, além de quebrar menos e as pontas duplas desaparecem. E dizem por aí que a rotina no/low poo acabou definindo os cachos de muita gente!

A mudança é radical ou gradual?

Depende dos seus produtos favoritos, depende de você, tecnicamente. Seu cabelo pode demorar a se acostumar, mas os resultados virão se você seguir tudo a risca!

Então, espero que esse post tenha ajudado vocês a entender um pouco sobre a rotina no/low poo. Teremos alguns posts em relação a essa técnica, pra esclarecer mais dúvidas e divulgando mais produtos, fiquem ligadas! Se você segue essa técnica e achou algum erro nessa matéria, ou quer dar alguma sugestão, não hesite em entrar em contato conosco!

Imagem: http://www.flickr.com/photos/renolauren

You may also like