Transição Capilar

Duas texturas depois da transição capilar?

Quem usou durante muito tempo o cabelo escovado, pranchado ou alisado pode ter se acostumado à uniformidade dos fios. Através da exposição ao calor da prancha ou do uso de produtos químicos, os fios podem adquirir uma forma mais retinha e bem lisa. Mas aí, quando entramos em transição essa estrutura alisada começa a dar espaço para o crescimento do cabelo natural.

mudança transiçao capilarNa fase de transição capilar a presença das duas texturas capilares é um verdadeiro desafio já que a raiz costuma ficar “inchada”, em função do volume do cabelo natural que destoa dos fios alisados.

Veja também: Como sobreviver à transição capilar?

Mas e depois da transição? Como explicar a presença de duas texturas (ou mais)? Todos os dias recebemos no inbox do Facebook perguntas como essas:

“Cacheia, meu cabelo é cacheado na frente mas não define atrás. Já passei pela transição capilar”.

“Meus cachos são muito grandes atrás e bem pequenos na frente, isso é normal?

“Preciso de ajuda, meu cabelo é todo diferente, não sei qual é meu tipo de cacho”

Para responder tudo isso, preciso contar uma historinha.

Recentemente, algumas técnicas americanas de cuidados com cabelos cacheados e crespos começaram a ganhar força Brasil. Termos como Big chop, Day after, Co-wash, Low Poo, No Poo, etc; já circulam em vários grupos do Facebook, embora muita gente ainda não saiba do que se trata.

A preocupação com os cuidados específicos para cada tipo de fio contribuiu pra que uma sistematização também fosse adotada: uma divisão de cada cabelo por tipo: do 1 ao 4C. No tipo 1 estão os cabelos lisos, no tipo 2 estão os ondulados e suas variações, no tipo 3 estão os cacheados e suas variações e no tipo 4 os crespos e suas variações. Cada um desses grupos possui características e necessidades diferentes e essa seria a maior utilidade de saber qual é o seu tipo (predominante) de fio.

tipos de cachos

Veja também: Tipos de cacho – como identificar o seu + dicas

Conforme essa divisão, meu tipo de cabelo por exemplo é o 4A e isso significa que ele forma cachos pequenos e fechadinhos. Isso na teoria. Na prática, a maior parte do meu cabelo forma sim esses cachos pequenos mas existem regiões que não formam cachos naturalmente e regiões com cachos um pouco maiores.

Como costumamos dizer aqui no Cacheia: cada cabelo é um universo inteiro, por isso não se preocupe se seu cabelo não se encaixa 100% nessas sistematizações. É possível sim, ter cachos maiores na frente e cachos pequenos atrás. Ter cachinhos pequenos na maior parte e nenhum cacho no topo da cabeça. É possível sim, que seu cabelo seja a mistura de mais de um tipo de cacho.

Uma pessoa adulta tem mais ou menos 150.000 fios de cabelo. Já imaginou se você for se preocupar em que grupo se encaixa cada um deles?(!) Sem contar que pelo menos 100 deles caem todos os dias. Don’t worry. Be happy.

Ainda sobre a diferença de texturas depois da transição capilar, é preciso lembrar que alguns processos químicos como descolorações e colorações podem alterar o aspecto dos fios. Quando descolori pela primeira vez notei que os cachos ficaram um pouco mais abertos e pareciam mais longos que os demais. Com o tempo (algumas nutrições e reconstruções depois) eles voltaram ao normal. Mas mesmo se você não se submeter a nenhum processo químico, saiba que seus fios não vão ser sempre os mesmos.

Os fatores hormonais também interferem na aparência dos nossos cabelos. Mulheres grávidas por exemplo, podem experimentar uma mudança bem grande na textura dos fios: cachos que eram mais fechados ficam mais abertos. Algumas mulheres notam que os cachos crescem mais rápido durante a gravidez. Em compensação, no período pós-parto os fios podem cair mais. Numa fase da vida você está saudável e se alimentando super bem. Numa outra fase está super para baixo e já não cuida tanto da saúde.

Aos 18 seus cachos podem ser super volumosos, aos 50 ou 60 eles podem ficar mais fininhos. É assim que funciona. Nós passamos por várias fases na vida e nosso corpo muda junto. Segue abaixo algumas sugestões para as cinco dúvidas mais comuns que recebemos sobre a diferença de texturas :)

1. Fiz o big chop mas meu cabelo ainda tem muitas partes lisas

O big chop ou “grande corte” é feito para retirar todas as partes alisadas do cabelo e deixar apenas o cabelo natural. Mas muitas mulheres ficam mais receosas e costumam fazer um “semi” big chop, preservando parte do comprimento dos fios e deixando uma franja lisa por exemplo. Eu mesma cheguei a fazer isso e deixei o cabelo joãozinho atrás e com uma franja grande na frente (ficou legal não gente rs). Dois meses depois cortei o resto. Se você fez o big chop e ainda tem duas texturas: metade lisa, metade cacheada/crespa, então provavelmente restam fios que ainda precisam ser cortados. A solução para esse problema é bem simples: espere o cabelo crescer mais um pouquinho e corte as partes alisadas que ainda restam.

2. Meu cabelo tem cachos de tamanhos muito diferentes dependendo da região. Tenho dificuldade para finalizá-lo.

Se a diferença dos cachos for realmente significativa, experimente finalizar os fios de formas diferentes, tendo em mente a estrutura de cada área. Se a área da frente tiver cachos mais definidos por exemplo, e você quiser definir a parte de trás também, experimente fazer uma fitagem só atrás. Existem vários modos de finalizar o cabelo e você pode ir testando: pentear com os dedos e amassar de baixo para cima, fazer fitagem, fazer “dedoliss” (fazer cachinhos com os dedos), plopping, etc. Além disso, você pode usar produtos ativadores de cacho ou optar por opções naturais como o gel de linhaça.

3. Meu cabelo é crespo e forma cachos pequenos na frente mas atrás não define e é mais seco

Meu cabelo é assim também e o de várias outras mulheres :) Se você quiser, pode caprichar no ativador de cachos nessa região e pentear com os dedos. Se não funcionar, faça cachinhos com os dedos e separe-os depois que estiverem secos (separar os cachinhos cria uma aparência mais natural). Em geral, o que faço é pentear com os dedos e secar com difusor. Mas acho que meu maior conselho sobre isso é: desencane um pouquinho. Deixa seu cabelo ser seu cabelo :)

Se os fios estão um pouco mais secos, experimente usar um pouquinho de óleo vegetal para finalizar os fios. O óleo de coco extra-virgem é meu companheirinho de todas as horas <3 Outra solução bacana para fios mais secos é fazer uma umectação 2 vezes por mês. Se você não gostar de umectação, utilize máscaras com manteigas e óleos vegetais.

Veja lá no nosso post de cronograma capilar algumas sugestões de máscaras para nutrição e saiba mais sobre o assunto.

4. Meu cabelo é mais liso na raiz e ondulado nas pontas. Como posso fazer para estimular mais os cachos?

A Ray fez uma postagem especificamente sobre esse assunto aqui no blog, indicando várias técnicas legais. Confira lá: Como deixar o cabelo ondulado mais definido.

5. Meu cabelo era bem cacheado na raiz mas agora a raiz está esticando um pouco. Como posso fazer para a minha raiz ficar cacheada?

Quem possui cabelos crespos consegue notar que os fios nascem bem enroladinhos desde a raiz. Isso não acontece necessariamente com cabelos cacheados e ondulados. Quando o cabelo cacheado está mais curto ou médio, pode ficar com a raiz bem cacheada. Conforme os fios crescem, ganham peso e a raiz parece “esticada”, mas é completamente normal. Isso acontece principalmente com quem possui cachos do tipo 3A e 3B. Trata-se de uma característica natural, tente não se preocupar com isso :)

Ainda possui dúvidas sobre o assunto? Envie nos comentários.

You may also like