Perguntas sobre cabelo que você sempre quis fazer

  • Home
  • Dicas
  • Perguntas sobre cabelo que você sempre quis fazer

Oi, menines! Tudo bem?

O meu post de hoje é uma lista de perguntas que parecem básicas para quem já está habituada com o universo dos cabelos crespos/cacheados/ondulados, mas que não são tão óbvias assim para quem está chegando. Todas as perguntas foram baseadas em questões que recebemos aqui no Cacheia.

Tem mais perguntas que eu não coloquei na lista? Coloque ela nos comentários aqui do post que eu respondo e atualizo a lista ;)

perguntas-sobre-o-cabelo-que-voce-sempre-quis-fazer-mas-nao-teve-coragem

1- O que é considerado day after?

Resposta: O conceito de day after (o dia seguinte) não é muito difícil de assimilar. Mas quanto tempo ele dura? Até quando é considerado day after? Day after são os dias após o dia da lavagem que você fica sem lavar o cabelo. Isso não significa que você não pode re-hidratar o cabelo, passar creme ou molhar. Não quer dizer que você precise acordar com o cabelo perfeito! ;)

2- Qual o tamanho do BC?

Resposta: Não existe um tamanho exato, mas para ser considerado um grande corte (big chop – bc), você precisa cortar uma boa parte do comprimento existente do cabelo. Se você preferir cortar aos poucos, tudo bem, a escolha é sua, mas não é mais um grande corte.

3- A partir de qual data começo a contar minha transição capilar? A partir da última química ou do dia em que decidi a volar ao cabelo natural?

Resposta: Depende de como você enxerga a transição capilar. Se você quer ter uma ideia de qual a última vez em que passou química para assim acompanhar o crescimento da sua raiz, calcule pelo dia/mês em que você alisou pela última vez. Se você quer contar a partir de qual momento você  decidiu fazer essa mudança e começou a se empoderar para tal, a se desconstruir e, principalmente, se aceitar, conte a partir do momento em que você decidiu entrar em transição. Muitas vezes essas duas datas se coincidem e lembre-se que a quantidade de meses é o que menos importa nisso tudo.

4- Quanto tempo dura uma transição?

Resposta: Quanto tempo você quiser! Se você fizer um BC dois meses após entrar na transição (e por BC entenda-se cortar toda a parte com química e não um semi-BC), bingo, acabou a transição! Se você preferir esperar o cabelo crescer bastante e cortar aos poucos, naturalmente, sua transição demorará mais tempo.

5- Posso substituir/trocar/acrescentar um ingrediente em uma receita caseira no cronograma capilar?

Resposta: No geral, a resposta é sim. Mas veja bem, você não precisa colocar todos os ingredientes do mundo em uma única receita e analise sempre o papel de cada ingrediente em uma receita. Se você vai fazer uma receita de nutrição na qual o óleo de coco é a estrela, não faz sentido você tirá-lo, maaaas se você não tem ele em casa pode tentar a mesma combinação com outro óleo vegetal, como o azeite de oliva. É claro que, nesse caso, já não se trata da mesma receita, pois você tirou o ingrediente principal,  mas é provável que tenham efeitos parecidos por ambas serem nutritivas. Agora, não faz muito sentido você ficar adicionando milhares de ingredientes com o mesmo efeito, como por exemplo bepantol e glicerina, ambos são hidratantes, como saberá qual deu aquele efeito bacana no seu cabelo? Menos é mais!

6- Posso molhar o cabelo todo dia? (Sugestão da Raysa, aqui do Cacheia)

Resposta: Pode. Mas já foi amplamente divulgado que molhar o cabelo, em grande quantidade, todo dia, não deixa que ele seque completamente, o que não é bom para a saúde do nosso couro cabeludo e dos nossos fios. Por isso, prefira molhar com borrifador ou controle bem a quantidade da água. Se você praticar esportes aquáticos todos os dias, é outro caso. Sugiro que você tire pelo menos a umidade com secador, utilizando protetor térmico (secar o cabelo com secador todo dia também não faz bem e o aparelho não consegue secar o fio por completo).

7 – Como devo cortar meu cabelo crespo/cacheado/ondulado?

Resposta: Primeiramente, entenda que não existe uma receita pronta e o corte é diferente inclusive entre nós crespas/cacheadas/onduladas. Sendo assim, não tem como falar, corte em x camadas, faça não sei o que, não sei o que lá. O ideal é procurar um profissional especializado nesse tipos de cabelo e conversar com ele sobre o que você gosta, como quer seu cabelo e o que quer passar com o seu corte. Como diz um professor meu de Marketing “tudo comunica” e, sim, cabelo também comunica!

8- É chocolate/café/azeite/vinagre de comer? (Sugestão da Ster, aqui do Cacheia)

Resposta: Sim! Receitas caseiras envolvem (quase sempre) ingredientes que vem da cozinha, frutas, óleos, etc. Se você não quiser fazer essa mistureba toda, sem problemas! Existem diversos produtos disponíveis no mercado também!

9- Meu cabelo vai voltar a ser como era após tanto alisamento?

Resposta: Vai!!! Mil vezes, vai! Fique tranquila, tirando toda a química seu cabelo volta a ser natural!

10 – Meu cabelo é crespo, mas gostaria que ele fosse cacheado. Como faço? (Sugestão da Ster)

Resposta: Quando largarmos a química para voltar ao nosso cabelo natural, temos que entender que ele não vai ser igual ao da mulher da revista com cachos milimetricamente formados. Eles vai ser o nosso cabelo, com suas próprias características e aí que está a beleza do cabelo natural. Esse processo de aceitação da própria textura faz parte da transição também e da nossa própria aceitação, de não hierarquizar os tipos de cacho, pois NENHUM é mais bonito que outro. Entenda a beleza do seu cabelo e cuide dele como ele é! Você não precisa seguir NENHUM padrão para ser linda do jeitinho que você É!

Esse assunto é um pouco mais complexo, então convido vocês a lerem alguns posts aqui do Cacheia para entenderem e refletirem sobre o assunto:

Eu não sou a Taylor Swift 

O tipo 4 e a hierarquização da textura capilar

O meu, o seu, o nosso, cabelo é lindo – Ainah Carvalho

Papo 4C: transição capilar, cabelo crespo, produtos capilares e racismo

Cabelo crespo está na moda?

11- Demora muito para um cabelo com química volta a cachear?

Resposta: Demora, gente! Não é apenas uma decisão, é um processo! Quando você decide assumir seu cabelo natural, não da para simplesmente trocar de produtos e, tcharan, seu cabelo de volta. Não. Você precisa cortar a parte do cabelo que está com química (aos poucos ou não) e esperar o novo cabelo nascer e crescer. Agora dá uma olhada no seu cabelo com química. Olha o tamanho dele e o quanto demorou para ele ficar desse tamanho. Agora olha sua raiz e veja quantos dedos tem. Deu para ter uma noção? Assumir o cabelo natural não é virar um botãozinho, é se descobrir, se aceitar, passar por diferentes fases, se empoderar, descobrir que cabelo curto também é bonito. Ou não. Tudo depende de você. E esse tempo só você poderá responder qual será.

12- Posso cumprir todas as etapas do cronograma capilar em uma única lavagem?

Resposta: Não! Gente, não tem sentido nenhum você fazer todas as etapas em um único dia. Seu cabelo não vai conseguir absorver tudo que precisa de uma vez, é um processo. Senta, relaxa, leia sobre cronograma capilar, monte o seu e só depois comece ;)

13- Existe um produto milagroso para definir os cachos durante a transição?

Resposta: Quer dizer que você passa anos detonando o seu cabelo e aí, de uma hora para outra, espera um milagre? Mil vezes não! Não existe produto milagroso para nada! Existe, sim, muita paciência, estudo (sim, para cuidar do nosso cabelo também precisamos estudar!) e cuidados combinados que vão te ajudar durante o processo. Voltar ao cabelo natural exige antes de qualquer coisa, um auto-conhecimento sobre nós e sobre o nosso cabelo e muuuuuuuuuuita paciência (inclusive se você fizer o BC rapidinho).

Sugiro leitura: Sobre o imediatismo do cabelo natural

14- Existem produtos milagrosos para crescimento do cabelo?

Resposta: Até existem, MAS todo cuidado é pouco. O ano passado muito se falava sobre o uso do Monovim A (uma vitamina para cavalo). Muita gente teve resultado, mas diversas pesquisas vem mostrando que existe um risco muito grande à nossa saúde nesse tipo de tratamento. Não indicamos.

Existem também vitaminas, pílulas e algumas receitinhas caseiras, nada 100% garantido. Na real, a receitinha é a mesma de sempre: paciência! Mas cortar o cabelo regularmente e também ter uma alimentação rica em vitaminas vai te ajudar bastante!

Dicas de leitura:

Existem produtos milagrosos para crescimento capilar?

Jogando a real: crescimento capilar, Monovim A e tônicos 

Cronograma Alimentar: aprendar a nutrir os seus cabelos de dentro para fora

8 dicas para estimular o crescimento natural do cabelo

Resenha: Tônico de alho – Gota Dourada

Pré-resenha: Pantogar 

 

Mariana

Mariana Boaretto, 28 anos, paulistana. Mãe-coruja do Lorenzo e da Giovana, formada em Comunicação e cursando MBA em Marketing. Descobriu sua paixão pelos cachos há 7 anos e adora compartilhar dicas de cuidados, aceitação e empoderamento feminino.







comments

Blog Comments

Oi,

Descobri o site recentemente e tenho lido diariamente. Já utilizei várias dicas e estou amando. Obrigada meninas.

Queria saber se vocês conhecem alguma anelada que tenha feito exoplastia capilar é que não tenha perdido os cachos.

Um abraço!

… que tenha feito exoplastia capilar e que não tenha perdido os cachos…
e não “é que…”. O corretor mudou a palavra.

Oi, Rosana!
Exoplastia é um alisamento. Não tem como fazer e manter os cachos ao mesmo tempo.

Ficamos muito felizes que esteja gostando do blog!

Bjs

Excelente post! Acesso diariamente o blog p aprender e aplicar as orientações nos meus cachos.

Obrigada, Chelis :)

Eu faço natação de 3 a 4 vezes por semana, e uso um shampoo sem sulfato depois das aulas. Seria melhor eu investir em co-wash e usar o shampoo menos vezes, ou, por causa do cloro, essa rotina é a mais recomendada mesmo?

Oi, Lizzie!
Não sei te responder com precisão. Teria que testar para ver como o seu cabelo responde, se você vai senti-lo limpo e não pesado. Mas se hoje o seu cabelo responde bem dessa maneira, não vejo problema em continuar dessa forma.

Desculpe a demora!
Bjs

Meu cabelo era cacheado, até passarem queratina nele e ele ficar duro, perder os cachos e cair…. Desde então eu faço Relaxamento na raiz de 2 em 2 meses, e as vezes boto bigudinho (pra cachear o cabelo).
Queria saber se isso é errado.. Eu tenho que parar de passar química pra ele ficar bonito, saudável, e com cachos lindos?

Oi, Vanessa!

Tem certeza que era só queratina? Por a queratina pura não alisa, não. Ela inclusive é usada nas reconstruções. Mas, enfim…

Errado, não é, mas enquanto você não para de fazer quimica, seus cachos não ficaram tão bonitos e saudáveis quanto se você estivesse com, o cabelo natural. Você pode parar com a quimica e continuar com os bigudinhos no processo de transição para o cabelo natural, vai cortando, até não ter mais nada de cabelo relaxado.
Nesse post aqui explico sobre transição: http://cacheia.com/2015/01/passo-a-passo-para-quem-quer-assumir-o-cabelo-crespo/

Se tiver dúvidas, estou por aqui.

Bjs!

Olá! Amo o blog, tem me ajudado bastante. Tenho o cabelo MUITO cheio. Ainda não aprendi a lidar com tanto volume e, por isso, acabo passando muito creme de pentear pra ter o resultado que quero. Preciso saber como vocês lidam com isso.. E se me indicam algum creme que dure mais. Pergunta: posso usar creme de hidratação (tipo o da kanechon) pra pentear? Tem algum post aqui no blog sobre isso? Beijos!

Oi, Ruthe!

É difícil responder sem conhecer seu cabelo. Particularmente, não passo muito creme, o excesso deixa meu cabelo pesado, sem volume, meio com cara de molhado e não gosto, então não tenho esse problema.
Compra um creme que venha mais e tente ver se você não está exagerando no creme. Não temos post sobre isso :(

Espero ter ajudado um pouquinho.

Bjs

Sempre que lavo uso receitas de hidratação, nutrição e usei duas vezes a reconstrução. Buuuuuuuut não tenho um cronograma realmente. Se hoje to afim de fazer tal receita vou lá e faço sem pensar se “aaah não vou fazer hidratação hoje pq já fiz essa semana”, simplesmente faço alguma coisa. Isso é errado ?

Oi, Gabrielly!
Não é errado, não. O cronograma deve ser adaptado de acordo com as necessidades do seu cabelo. Cada fase tem uma função e se você sabe do que o seu cabelo está precisando, não há mal nenhum em fazer o que precisa :)

Um beijo!

Eu já acompanho o site a algum tempo, inclusive já indiquei para algumas amigas e gostaria de agradecer esse trabalho de vocês que encorajam a tantas meninas como eu a não desistirem dos nossos processos de transição. Sempre que tô meio desanimada achando meu cabelo “zoado” leio aqui e me encorajo novamente. Obrigada :*

Oi, Jessica!
Ficamos felizes que você goste do Cacheia e que ele te ajude tanto na transição.
E, olha, desanimar é muito normal, viu? Acontece com todo mundo, a gente se pergunta se tudo isso tá realmente valendo a pena e onde queremos chegar. Fico feliz que a gente seja uma injeção de animo para vc nessas horas porque realmente vale a pena! Se precisar de ajuda, dá um grito aqui :)

Bjs!

Olá, gostaria de fazer outra pergunta.

Bom, sou cacheado (obviamente). Nem sempre fui. Quando criança, até os 11 anos, aproximadamente, meus cabelos eram lisos-ondulados e foram cacheando com o tempo. Eu sempre cuido dos meus cabelos e até sigo o cronograma capilar — nem sempre com a frequência certa, mas meus cachos estão bonitos, macios e brilhantes. Mas não tenho certeza da força deles. Eles não quebram facilmente, a não ser se eu puxá-los para prender, um ou no máximo dois fios fazem o “trec” e quebram, mas só quando eu os prendo violentamente — ou seja, quase nunca.

Mas há algo que me incomoda.

Eu percebo que existem alguns fios “desconexos”. Eles não são nem cacheados nem lisos! São “murchos”! Eles não frizzam, mas caem/descem, como se fossem fios lisos, e eu acho isso esquisito. São fios mesmo, separadamente, não mechas. Eu reparei isso no início do ano, mas eles caíram naturalmente ou eu nem percebi se estão aqui. Eles não cacheiam mesmo se eu enrolar e colocar dentro de uma mecha: dão um jeito de “sair” e “descer”, e isso acaba por me preocupar. O que significa isso? São os fios que já estão “morrendo” (já que o cabelo tem ciclos e eu entendo isso), dando lugar a novos, ou pode significar algum problema de saúde? Isso me deixa com preocupado pois sou homem e tenho muito, mas muito mesmo da calvície. Nem tenho 20 anos, mas alguns homens da minha família e alguns colegas meus começaram a ficar calvos na adolescência. Eu ainda não. Tenho bastante cabelo, e espero mantê-los maiores ainda (estão na altura do ombro, e crescendo!).

Só para completar: meu cabelo é totalmente natural, sem químicas, só os tratamentos com cremes mesmo.

Desde já agradeço.

Oi, Ácabe! Tudo bem?

Pelo o que eu saiba, não tem nada a ver com a calvicie, mas confesso que nunca pensei por esse lado e preciso pesquisar mais. Mas, o que eu sei é que existem diversos tipos de cabelo que vão do 1a até o 4c. O cabelo sempre predomina algum dos tipos (por exemplo, o meu é 3a, ou seja, um cacheado que não começa da raiz e os cachos são mais abertos), mas mesmo assim existem outros tipos de cacho noi meu cabelo. A parte de trás tem cacho 3b/3c, bem encolhidinho e na parte da frente, tenho cachos 2b, 2a, ou seja, quase liso. Não sei porque isso acontece, mas sei que é normal e acontece com todo mundo. E o cabelo cair, no geral, também é normal (perdermos cerca de 100 fios por dia), mas se cair uma quantidade muito grande, aí é necessário procurar um médico.

De qualquer forma, vou pesquisar mais sobre o que você falou e se eu encontrar algo, te aviso por aqui!

Beijos

Obrigado pela resposta! Demorei um pouco a responder por causa dos estudos. Enfim, você, pessoalmente, teve alguma experiência em ver esses “fios murchos”? Ou já viu em outras pessoas? Não é algo que tome conta do meu cabelo, no entanto, eu gosto de observar. Eles parecem “moles”, como se tivessem quebrado. Os que eu vejo chegam a durar um mês, mais ou menos, e caem normalmente — eles são grandes, por isso cheguei a essa conclusão, isso não acontece com fios pequenos. Mesmo assim, obrigado!

Oi, Ácabe!

Eu tenho alguns fios que se enquadram no que você falou, mas nunca reparei se eles caem ou não. Só vejam que alguns sem bem mais lisos, que não se juntam aos outros mesmo se eu enrolar, são mais desconexos e não parecem ser do mesmo tipo do resto cabelo. E, na parte de trás, tenho alguns fios bem mais definidos, porém mais danificados também (até por conta do sol, chuva, shampoo, água quente) e que são difíceis de harmonizar com o resto do cabelo.

Você costuma fazer a etapa de reconstrução do cronograma? Sempre sinto que essas partes do meu cabelo melhoram nessa etapa.

Bjs

Meu cabelo também tem isso, mas as partes mais lisas ficam atrás ou no meio (coroa). Observando outras pessoas de cabelo cacheado (desde curto a longo), percebo que isso é normal. Esses fios “murchos” eu também percebi nessas pessoas (observei de perto), mas nunca foi um problema. Pelo visto é normal, um mecanismo de saturação do próprio corpo — afinal, fios novos têm que nascer.

Sobre a etapa de reconstrução. Sim, eu faço, no entanto, como eu disse, não sou rigoroso com cronograma capilar, mas quando eu cuido do cabelo e passo leave-in, o day after dura uns 3 dias. Eu não percebo muita melhora — talvez porque meu cabelo não seja muito necessitado disso, ele é bem denso e homogêneo, as partes “maltratadas” são naturais (só pontas). Eu troquei de creme esses dias por um da Nutrire novex Meus Cachos Suaves, sem parabeno, sulfato e sal. A definição aumentou bastante e o cabelo se mantém controlado (não necessariamente baixo!), tanto que fiquei até cinco dias sem desembaraçar o cabelo, e quando eu fui fazê-lo, praticamente não estava embaraçado. Até as pontas melhoraram — são naturalmente secas, isso é fato para toda pessoa cacheada, mas não ficou com essa sensação de “secura”. No mais, muito obrigado pela atenção e pelo trabalho! Tenha uma boa semana!

De nada, Ácabe!
Espero ter conseguido ajudar de alguma maneira.

Bjs

Oiii!
Eu que nunca fiz nenhum tratamento caseiro, resolvi fazer. A crise bateu D; hahaha
Minha dúvida é sobre a quantidade de tempo que tenho que esperar pra fazer hidratação/reconstrução/nutrição, ou seja, estou fazendo um cronograma capilar e em cada fds irei fazer um tratamento diferente. Posso fazer isso? Não vai deixar meus cachos parecendo fuá? ‘-‘ Ou é melhor eu fazer os tratamentos a cada 15 dias?
Há algum tratamento que posso fazer toda semana para deixar ele com mais brilho e menos frizz?

Ps.: Já sou fã daqui só pelas dicas fáceis e pelos passo a passo detalhadíssimos <3

Oi, Bruna!
Acredite, receitas caseiras são maravilhosas para os nossos cabelos. Não é só questão de crise não ;)

Você pode seguir o cronograma em cada lavagem que você fizer, se você achar necessário ou pode escolher outro intervalo de tempo. Sugiro que leia esse post aqui: http://cacheia.com/2013/11/cronograma-capilar-sos-cabelo/ tem tudo sobre cronograma :)

Beijos!

Oie! Estou adorando descobrir tudo sobre essa tecnica nesse blog. Não tenho cachos, tenho na verdade um cabelo sem forma ( liso com umas ondas bem tímidas mas num cabelo bem grosso e volumoso e uma raiz oleosa). Será que posso me arriscar num low poo? Ou essa técnica beneficia somente os cachos e ondas fortes? Beijos

Oi, Vanessa!
Pode sim! Low poo pode ser usado por pessoas com qualquer tipo de cabelo e ajuda muito no aspecto dos fios ;)

Beijos!

Oi meninas, Boa noite!
Queria indicacao de um creme de pentear para cabelos cacheados que desse mais volume ao fios e que pricipalmente nao deixe o cabelo armado, “teso”… depois de seco.
Já comprei varios e detestei todos por conta desse efeito armado depois que seca.
Detestei o beleza natural, o criola…

Oi, Roberta! Tudo bem?
Primeiro, desculpe a demora.
O que seria um efeito “teso”?
É bem difícil indicar produtos especificos para cada tipo de cabelo e gosto, mas temos algumas resenhas que podem te ajudar aqui no blog: http://cacheia.com/?s=produtos

Bjs

Estou passando por uma transição capilar há 6 meses depois de anos de selagem, as vezes da vontade de aplicar novamente a selagem, mas daí lembro de como quebrou todo o meu cabelo e estragou. Era ondulado, cheio, enorme e brilhoso, mas fui na onda de alisar e acabei estragando todo o meu cabelo e agora ele está cheio de frizz, seco e sem brilho nenhum. Parece que ele nem cresce mais, mas na verdade cresce e as pontas é que vão se torando. Todo mês corto um dedinho. Não consigo nem ficar com ele solto por cauda da diferença das texturas. Quais dicas você pode me dar para manter ele pelo menos um pouco comportado até sair toda a parte lisa? HELP ME! :(

Oi, Raissa! Tudo bem?
Muita força nessa fase, é chata mesmo!
Siga o cronograma capilar para cuidar dos fios, continue cortando com frequência (e um pouco mais de um dedo, se possível, para agilizar). Uma boa dica também é fazer um corte que valorize suas ondas, em camadas. E finalize os fios com produtos adequados para o seu cabelo, como leave-ins.

Beijos e boa sorte!

oieeee, bom dia!
pois bem, eu tinha um cabelo cacheado enorme mega maravilhoso super cuidado, lindo,hidratado…. mas inventei de cortar ontem pois o comprimento não estava muito legal para meu tipo de rosto, só que acabaram pesando no corte e fiquei com o cabelo muito curto e sinceramente não gostei, me desesperei pois a primeira vez que cortei demorou crescer,, e para completar acabei fazendo relaxamento ontem </3 o resultado ficou lindo mas, não me sinto bem com eles lisos, realmente não pensei nas consequências
minha duvida é: fiz o relaxamento ontem, ainda consigo recuperar meus cachos hoje?
por favor me ajuda!

Oi, Mariana! Tudo bem?
Olha só, infelizmente fazer um relaxamento é uma decisão bem séria porque não há volta assim, de um dia para o outro.
A não ser que a cabelereira não tenha utilizado química no processo, o que é quase impossível, você só conseguirá recuperar seu cabelo passando pela transição capilar e ir cortando o cabelo até o novo nascer. Apenas os novos fios que nascem vem sem química e você precisa ir tirando os antigos.

Dá uma olhadinha nesse post aqui: http://cacheia.com/2015/10/transicao-capilar-guia-definitivo/

Bjs, força e boa sorte!


Leave a Comment