Dicas

Perguntas sobre cabelo que você sempre quis fazer

Oi, menines! Tudo bem?

O meu post de hoje é uma lista de perguntas que parecem básicas para quem já está habituada com o universo dos cabelos crespos/cacheados/ondulados, mas que não são tão óbvias assim para quem está chegando. Todas as perguntas foram baseadas em questões que recebemos aqui no Cacheia.

Tem mais perguntas que eu não coloquei na lista? Coloque ela nos comentários aqui do post que eu respondo e atualizo a lista ;)

perguntas-sobre-o-cabelo-que-voce-sempre-quis-fazer-mas-nao-teve-coragem

1- O que é considerado day after?

Resposta: O conceito de day after (o dia seguinte) não é muito difícil de assimilar. Mas quanto tempo ele dura? Até quando é considerado day after? Day after são os dias após o dia da lavagem que você fica sem lavar o cabelo. Isso não significa que você não pode re-hidratar o cabelo, passar creme ou molhar. Não quer dizer que você precise acordar com o cabelo perfeito! ;)

2- Qual o tamanho do BC?

Resposta: Não existe um tamanho exato, mas para ser considerado um grande corte (big chop – bc), você precisa cortar uma boa parte do comprimento existente do cabelo. Se você preferir cortar aos poucos, tudo bem, a escolha é sua, mas não é mais um grande corte.

3- A partir de qual data começo a contar minha transição capilar? A partir da última química ou do dia em que decidi a volar ao cabelo natural?

Resposta: Depende de como você enxerga a transição capilar. Se você quer ter uma ideia de qual a última vez em que passou química para assim acompanhar o crescimento da sua raiz, calcule pelo dia/mês em que você alisou pela última vez. Se você quer contar a partir de qual momento você  decidiu fazer essa mudança e começou a se empoderar para tal, a se desconstruir e, principalmente, se aceitar, conte a partir do momento em que você decidiu entrar em transição. Muitas vezes essas duas datas se coincidem e lembre-se que a quantidade de meses é o que menos importa nisso tudo.

4- Quanto tempo dura uma transição?

Resposta: Quanto tempo você quiser! Se você fizer um BC dois meses após entrar na transição (e por BC entenda-se cortar toda a parte com química e não um semi-BC), bingo, acabou a transição! Se você preferir esperar o cabelo crescer bastante e cortar aos poucos, naturalmente, sua transição demorará mais tempo.

5- Posso substituir/trocar/acrescentar um ingrediente em uma receita caseira no cronograma capilar?

Resposta: No geral, a resposta é sim. Mas veja bem, você não precisa colocar todos os ingredientes do mundo em uma única receita e analise sempre o papel de cada ingrediente em uma receita. Se você vai fazer uma receita de nutrição na qual o óleo de coco é a estrela, não faz sentido você tirá-lo, maaaas se você não tem ele em casa pode tentar a mesma combinação com outro óleo vegetal, como o azeite de oliva. É claro que, nesse caso, já não se trata da mesma receita, pois você tirou o ingrediente principal,  mas é provável que tenham efeitos parecidos por ambas serem nutritivas. Agora, não faz muito sentido você ficar adicionando milhares de ingredientes com o mesmo efeito, como por exemplo bepantol e glicerina, ambos são hidratantes, como saberá qual deu aquele efeito bacana no seu cabelo? Menos é mais!

6- Posso molhar o cabelo todo dia? (Sugestão da Raysa, aqui do Cacheia)

Resposta: Pode. Mas já foi amplamente divulgado que molhar o cabelo, em grande quantidade, todo dia, não deixa que ele seque completamente, o que não é bom para a saúde do nosso couro cabeludo e dos nossos fios. Por isso, prefira molhar com borrifador ou controle bem a quantidade da água. Se você praticar esportes aquáticos todos os dias, é outro caso. Sugiro que você tire pelo menos a umidade com secador, utilizando protetor térmico (secar o cabelo com secador todo dia também não faz bem e o aparelho não consegue secar o fio por completo).

7 – Como devo cortar meu cabelo crespo/cacheado/ondulado?

Resposta: Primeiramente, entenda que não existe uma receita pronta e o corte é diferente inclusive entre nós crespas/cacheadas/onduladas. Sendo assim, não tem como falar, corte em x camadas, faça não sei o que, não sei o que lá. O ideal é procurar um profissional especializado nesse tipos de cabelo e conversar com ele sobre o que você gosta, como quer seu cabelo e o que quer passar com o seu corte. Como diz um professor meu de Marketing “tudo comunica” e, sim, cabelo também comunica!

8- É chocolate/café/azeite/vinagre de comer? (Sugestão da Ster, aqui do Cacheia)

Resposta: Sim! Receitas caseiras envolvem (quase sempre) ingredientes que vem da cozinha, frutas, óleos, etc. Se você não quiser fazer essa mistureba toda, sem problemas! Existem diversos produtos disponíveis no mercado também!

9- Meu cabelo vai voltar a ser como era após tanto alisamento?

Resposta: Vai!!! Mil vezes, vai! Fique tranquila, tirando toda a química seu cabelo volta a ser natural!

10 – Meu cabelo é crespo, mas gostaria que ele fosse cacheado. Como faço? (Sugestão da Ster)

Resposta: Quando largarmos a química para voltar ao nosso cabelo natural, temos que entender que ele não vai ser igual ao da mulher da revista com cachos milimetricamente formados. Eles vai ser o nosso cabelo, com suas próprias características e aí que está a beleza do cabelo natural. Esse processo de aceitação da própria textura faz parte da transição também e da nossa própria aceitação, de não hierarquizar os tipos de cacho, pois NENHUM é mais bonito que outro. Entenda a beleza do seu cabelo e cuide dele como ele é! Você não precisa seguir NENHUM padrão para ser linda do jeitinho que você É!

Esse assunto é um pouco mais complexo, então convido vocês a lerem alguns posts aqui do Cacheia para entenderem e refletirem sobre o assunto:

Eu não sou a Taylor Swift 

O tipo 4 e a hierarquização da textura capilar

O meu, o seu, o nosso, cabelo é lindo – Ainah Carvalho

Papo 4C: transição capilar, cabelo crespo, produtos capilares e racismo

Cabelo crespo está na moda?

11- Demora muito para um cabelo com química volta a cachear?

Resposta: Demora, gente! Não é apenas uma decisão, é um processo! Quando você decide assumir seu cabelo natural, não da para simplesmente trocar de produtos e, tcharan, seu cabelo de volta. Não. Você precisa cortar a parte do cabelo que está com química (aos poucos ou não) e esperar o novo cabelo nascer e crescer. Agora dá uma olhada no seu cabelo com química. Olha o tamanho dele e o quanto demorou para ele ficar desse tamanho. Agora olha sua raiz e veja quantos dedos tem. Deu para ter uma noção? Assumir o cabelo natural não é virar um botãozinho, é se descobrir, se aceitar, passar por diferentes fases, se empoderar, descobrir que cabelo curto também é bonito. Ou não. Tudo depende de você. E esse tempo só você poderá responder qual será.

12- Posso cumprir todas as etapas do cronograma capilar em uma única lavagem?

Resposta: Não! Gente, não tem sentido nenhum você fazer todas as etapas em um único dia. Seu cabelo não vai conseguir absorver tudo que precisa de uma vez, é um processo. Senta, relaxa, leia sobre cronograma capilar, monte o seu e só depois comece ;)

13- Existe um produto milagroso para definir os cachos durante a transição?

Resposta: Quer dizer que você passa anos detonando o seu cabelo e aí, de uma hora para outra, espera um milagre? Mil vezes não! Não existe produto milagroso para nada! Existe, sim, muita paciência, estudo (sim, para cuidar do nosso cabelo também precisamos estudar!) e cuidados combinados que vão te ajudar durante o processo. Voltar ao cabelo natural exige antes de qualquer coisa, um auto-conhecimento sobre nós e sobre o nosso cabelo e muuuuuuuuuuita paciência (inclusive se você fizer o BC rapidinho).

Sugiro leitura: Sobre o imediatismo do cabelo natural

14- Existem produtos milagrosos para crescimento do cabelo?

Resposta: Até existem, MAS todo cuidado é pouco. O ano passado muito se falava sobre o uso do Monovim A (uma vitamina para cavalo). Muita gente teve resultado, mas diversas pesquisas vem mostrando que existe um risco muito grande à nossa saúde nesse tipo de tratamento. Não indicamos.

Existem também vitaminas, pílulas e algumas receitinhas caseiras, nada 100% garantido. Na real, a receitinha é a mesma de sempre: paciência! Mas cortar o cabelo regularmente e também ter uma alimentação rica em vitaminas vai te ajudar bastante!

Dicas de leitura:

Existem produtos milagrosos para crescimento capilar?

Jogando a real: crescimento capilar, Monovim A e tônicos 

Cronograma Alimentar: aprendar a nutrir os seus cabelos de dentro para fora

8 dicas para estimular o crescimento natural do cabelo

Resenha: Tônico de alho – Gota Dourada

Pré-resenha: Pantogar 

 

You may also like