Comprar menos, comprar melhor: consumo consciente e cabelo natural

  • Home
  • Blog
  • Comprar menos, comprar melhor: consumo consciente e cabelo natural
comprar menos, comprar melhor: reduzir o consumo de cosméticos para cabelo

A ideia de comprar menos e comprar melhor é um pressuposto presente em muitos blogs sobre moda sustentável e depois de ler um pouquinho, fiquei pensando no quanto essa ideia também serve para pensar o consumo de cosméticos.

Todo dia tem um produto novo para cabelo sendo lançado e acompanhar esse ritmo de novidades é impossível. E vamos combinar, ninguém precisa de 100000 de produtos para fazer “tour” no Youtube, certo? Então essa postagem quer propor basicamente uma coisa: pensar na relação entre cabelo natural e consumo e diante de tanta euforia nesse “boom” de produtos para cabelos cacheados e crespos, propor um consumo mais equilibrado e planejado.

Consumo consciente e cabelo natural

Dicas práticas para comprar menos e melhor

Crie um “filtro”

O Cacheia, assim como vários outros blogs, reúne dicas de produtos e resenhas. A indicação de produtos específicos pode ajudar quem ainda está na dúvida se um lançamento “x” vale a pena, quais itens são interessantes para quem tem o cabelo de uma certa textura, etc. Por outro lado, ninguém precisa sair correndo para comprar um produto só porque viu uma resenha positiva. Esse mundo de informações esta aí, mas é legal criar um “filtro” e selecionar o que serve pra você e quais produtos você realmente precisa.

Faça uma lista de compras

Antes de comprar novos produtos, confira todos os itens que você já tem em casa e qual a quantidade de cada um deles. Se você tem dois finalizadores cheios por exemplo, não será necessário comprar um novo tão cedo, certo? Escrever quais itens você está precisando no momento pode ser uma boa forma de organizar suas futuras compras.

Exercite o autocontrole

Veja se isso parece familiar: você dá uma passada na loja só pra dar uma “olhadinha” e saí de lá com produtos novos e um mais um gasto não planejado. Quem nunca né Brasil? Acredite, eu sei que que dá vontade sim de testar lançamentos, mas antes de comprar um produto que é novidade pesquise um pouquinho mais. Tire uma foto da composição do produto, vá pra casa, procure por resenhas, pergunte nos grupos e veja se realmente vale a pena. Comprar por impulso pode te reservar uma boa surpresa ou pode te deixar aquela sensação de ter jogado dinheiro fora, por isso exercite o autocontrole e pesquise sempre!

Está tudo bem?

Às vezes a necessidade de comprar muita coisa não vem só porque você está feliz porque seu salário acabou de sair ou porque você está empolgada com uma nova rotina capilar. A ansiedade para comprar novas coisas e a necessidade de acumular muitos itens pode ser o indício de que algo não está muito bem. Converse com outras pessoas e procure apoio psicológico se precisar.

O que toda cacheada/crespa realmente precisa ter em casa?

Eu já vi muitas listas de produtos e acessórios que cacheadas e crespas “precisam” ter em casa. Em relação aos acessórios acho que uma coisa legal de se ter é um borrifador porque ele ajuda a umedecer os fios antes de aplicar um produto e também auxilia muito no dia seguinte. (Aqui no blog tem um post muito legal com várias dicas sobre como usar o borrifador)

Também é bom ter algum tipo de recipiente para colocar seu creme ou máscara porque colocar a mão direto na embalagem não é legal. Se você não quiser comprar uma vasilha específica para isso, improvise um recipiente em casa mesmo que tá tudo certo.

Em relação aos produtos a coisa é diferente e provavelmente não vamos conseguir chegar a um “consenso” dos itens essenciais para ter em casa. Mesmo assim, tentei fazer um esqueminha básico. Se você não concordar, tudo bem, você pode reunir os itens que julgar mais adequados – talvez até em menor quantidade ou aliando os cuidados com ingredientes naturais. A ideia aqui é só reunir as dicas principais.

consumo consciente e cabelo naturalPara todas nós (exceto quem segue no poo), o “kit” básico para cabelos cacheados e crespos pode ser composto por shampoo, condicionador, finalizador e uma boa máscara. Se você se expõe frequentemente ao sol opte por um finalizador que já vem filtro solar.

Na máscara de tratamento o truque é escolher um produto bem completinho, composto por ingredientes de hidratação, nutrição e reconstrução. Eu sei que parece assustador-  principalmente para quem segue o cronograma capilar – falar em um kit com uma máscara só, mas existem máscaras no mercado que possuem um pouco de cada etapa e que são ótimas caso seu cabelo não tenha nenhum tipo de química ou esteja pouco danificado.

Para levar uma boa máscara para casa, procure por um produto que possui itens hidrantes como glicerina, extratos botânicos, pantenol ou vitaminas; itens nutritivos como óleos ou manteigas vegetais e itens de reconstrução como queratina, proteínas hidrolisadas, colágeno, etc. Ah, e note que eu disse “ou”, não precisa ter tudo!

“MAS CACHEIA, ISSO É PRATICAMENTE UM ROBOCOP EM FORMA DE MÁSCARA! ISSO NÃO EXISTE!”. Vamos crer que existe sim gente <3 Vou dar um exemplo de um máscara com uma composição legal só para ilustrar essa postagem, mas você pode escolher aquela que preferir :) Confira aqui a máscara da linha Cachos Sim! da Haskell.

Para quem está com os fios ressecados, o óleo vegetal é um ótimo amigo. Confira nesse post as dicas para escolher e usar óleos vegetais no cabelo. Dependendo do óleo vegetal dá para usar na máscara, durante a finalização ou até na umectação.

Se você é cacheada ou crespa e usa algum tipo de química como tinturas, permanente, relaxante, etc; é importante ter em mente que esses procedimentos podem deixar os fios mais fragilizados. Sempre que possível, opte por finalizadores com proteção solar e/ou térmica. Na hora de usar o difusor, ter um protetor térmico em mãos também é muito importante.  Uma vez por mês é interessante dar uma atenção a mais aos cachinhos e fazer uma reconstrução caprichada com uma máscara de reconstrução ou queratina líquida.

Para quem segue o no poo, um “kit” com condicionador hidratante, um produto específico para co-wash, um finalizador e uma boa máscara ajudam super no cuidado com os fios. Um produto específico para co-wash é legal porque garante uma limpeza adequada dos fios, já o condicionador hidrante ajuda a cuidar principalmente do comprimento e das pontas dos cachinhos e traz mais maleabilidade e brilho. Essa é minha sugestão, mas se você consegue se virar com menos que isso,tá ótimo!

Agora é com você, deixe nos comentários como seria seu kit de cuidados básicos ideal.

Leia também:

Dicas para economizar seus produtos 

Produtos capilares, mercado e consumo

O que é cruelty free? 

Reaproveitando embalagens de produtos 

 

Créditos das ilustrações: Designed by Freepik

Maressa De Sousa

Maressa, 23 anos, baiana. Mestranda em Antropologia. Ama filmes e livros de ficção e aventura. Para ela, a transição capilar marcou o início de muitas outras transformações.







comments

Comentários

Oi Maressa!
Acompanho vcs desde setembro de 2014 quando decidi parar com as “agressivas” hoje tenho cabelo natural a 1 ano e 7 meses e foram vcs que encorajaram a fazer o bc. Sou muito grata pelo trabalho do blog só nos enriquece.
Mas falando de consumo tenho uma regrinha aásico só compro se tiver precisando mesmo.
Como faço academia minha rotina de lavagens reduziu então lavo o cabelo dia sim e dia não com co wash e no fim de semana com shampoo liberado pra low.
Então meu kit básico shampoo liberado pra lox, condicionador no poo hidratante, condicionador pra co wash, creme de pentear geralmente liberado pra no , óleo vegetal pq tenho cabelo 3c bem ressecado e a máscara de preferencia nutritiva e a cada 15 dias ou 1 uma vez no mês reconstrução essa dura por muito tempo rs
Continuem com esses post maravilhosos
Bjs

Que sucesso Jéssica! Kit pequeno e maravilhoso para o dia a dia! Muito obrigada pelo feedback, ficamos muito felizes lendo sua mensagem!

Condicionador para co-wash é diferente de condicionador para no poo? qual a diferença? recomenda algum?

Oi Ana, os condicionadores usados para co-wash devem ser livres de derivados de petróleo e de silicones, por isso são liberados para No Poo. Algumas pessoas usam condicionadores liberados para no poo para lavar os cabelos, mas existem produtos específicos que contém agentes limpantes leves, por isso a diferenciação entre “condicionador no poo” e “condicionador co-wash”. Confira nosso guia no poo onde explico um pouco mais sobre o tema: http://bit.ly/guianopoo

Abraços!

Que ótimo ver o resultado da sua pesquisa “express” Maressa.

Achei muito prudente a colocação sobre as máscaras de tratamento: Nem só de Cronograma Capilar vivem os cabelos naturais.

Beijo

Oi! Que bom que gostou, eu achei que a live contribuiu muito pra ver se eu estava “viajando” nessa minha sugestão de kit básico ou não ^_^ Na verdade tenho pensado que a coisa dá pra ser ainda mais simples se a gente escolher os produtos certos, mas isso é história para outro post haha

Beijos!

Que post maravilhoso! Tinha essa terrível mania de sair comprando (dentro do possível) o que aparecia de novidade e nunca usava os meus produtos até o final. Agora estou me reeducando e achei uma grande aliada nas receitas caseiras. Obrigada pelas dicas. Bjos!

Que bom que curtiu Nayara! Muito obrigada! <3


Deixe um comentário

error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não deve ser copiado ou reproduzido sem permissão prévia e sem atribuição dos créditos. Blog Cacheia 2013-2016.