Transição capilar: não se desespere!

Quem passa pela transição capilar em algum momento vai se deparar com um desafio bem próprio dessa fase: as duas texturas. Conforme o cabelo natural vai crescendo, as partes alisadas parecem ainda mais fininhas e espigadas e a raiz cresce poderosa e volumosa, contrastando com o comprimento. Essa diferença de texturas pode incomodar bastante porque dificulta a finalização. E aí você que antes escovava e fica “de boas” fica se perguntando o que fazer para arrumar os cabelos durante a transição. Aqui no blog você vai encontrar várias dicas de penteados e texturizações para disfarçar a diferença de texturas se ela te incomodar. Vou deixar todos os links bonitinhos no final dessa postagem mas antes de qualquer coisa vale lembrar:

Como o próprio nome já sugere a transição capilar é um período transitório, é uma fase que vai passar! Não se desespere, vai dar tudo certo. A transição pode durar mais ou menos tempo dependendo de você. Se você quiser esperar o cabelo crescer até certa altura para depois cortar tudo bem. Se quiser cortar bem curtinho, tudo bem também. Independente de qualquer coisa lembre-se que é só uma fase e respire fundo! 

transição capilar duas texturas

Olha aí o início da transição capilar da Raysa na primeira foto e minha transição capilar na segunda foto :)

Saiba também que assim como você, outras mulheres também estão passando pela transição e enfrentando dificuldades e medos semelhantes. Participar de grupos de cacheadas e crespas em transição pode ajudar bastante a trocar experiências e tornar essa caminhada menos solitária. Procure conversar também com pessoas que te apoiam na decisão de voltar ao cabelo natural, isso vai te ajudar a manter-se forte e enfrentar de cabeça erguida todas as críticas que provavelmente você vai escutar durante a transição. Sim, a gente sabe que às vezes membros da nossa família podem dizer coisas que vão nos machucar. Pode também ser um amigo, uma colega de trabalho ou até seu namorado. A transição capilar não é um percurso fácil para muitas de nós por motivos diferentes. Mas acredite, é possível vencê-la. Não desista! Você pode ver histórias de mais mulheres que também estão passando pela transição capilar nessa postagem aqui.  Se precisa desabafar pode conte também com o Cacheia  é só chamar no inbox do Facebook. Se precisar de inspirações confira aqui 29 antes e depois da transição capilar que vão te animar!

No período de transição você vai ter que aprender a cuidar do seu tipo de cabelo, testar métodos de finalização e novos cuidados até encontrar a melhor maneira de cuidar dos seus fios. Não tem método milagroso e nem fórmula mágica. Cada cabelo se comporta de maneira diferente e possui necessidades diferentes por isso exercite a curiosidade e leia bastante! A transição capilar é uma fase para se redescobrir e aprender <3

Tenha em mente que a transição capilar não acontece da noite para o dia. Se seu cabelo sofreu com danos de alisamentos, relaxamentos, progressivas, chapinhas, etc; ele não vai se recuperar magicamente, concorda? Você vai precisar cuidar bem dos seus fios para que eles se recuperem e possam crescer saudáveis. Através de cuidados e um bom corte você vai conseguir chegar ao seu cabelo natural. 

transição capilar

Primeiro as duas texturas, depois o grande corte (big chop) e depois meu cabelinho natural <3

Fuja da armadilha do cabelo perfeito! Não busque um “cabelo perfeitamente definido”. Não acredite na ideia de que seu cabelo precisa ser “domado”. Cabelos cacheados e crespos têm frizz e têm volume e precisam de alguns cuidados como qualquer outro cabelo. Paciência é palavra-chave na transição. Às vezes tentar queimar etapas recorrendo a métodos que prometem levar do liso aos “cachos perfeitos/cachos dos sonhos” através de processos químicos pode causar muita frustração. Pense bem, se você decidir que esses métodos são mais interessantes para você tudo bem. Faça o que vai te fazer se sentir bem! Mas se quiser voltar ao cabelo natural com calma e um passinho de cada vez siga as dicas do Guia definitivo da Transição Capilar aqui do blog. Confira também alguns links que podem te ajudar com as duas texturas:

1- Como lidar com as duas texturas do cabelo durante a transição capilar

2- Duas texturas – SOS Transição

3- Texturização – SOS Transição

4- Como sobreviver à transição capilar

5- As melhores texturizações para o tipo 4

Leia também:

Transição capilar: saia do conto de fadas

Síndromes da transição capilar

Cronograma capilar – SOS Cabelo

Guia contra o ressecamento de cabelos cacheados e crespos 

Como aumentar o crescimento dos cabelos de forma segura

Transição capilar e família

Relacionamento amoroso e transição capilar: um capítulo a parte

Maressa De Sousa

Maressa, 23 anos, baiana. Mestranda em Antropologia. Ama filmes e livros de ficção e aventura. Para ela, a transição capilar marcou o início de muitas outras transformações.







comments

Comentários

Oi LINDA adoro suas postagens!
queria saber quanto tempo vc tem d transição (contando desde o último alisamento até agora)
obrigado desde já!
vcs todas são ótimas!

Oi Carol, tudo bem? Eu entrei em transição em 2013 bem no início do ano. Fiz o big chop em junho de 2013. Desde então cortei o cabelo mais algumas vezes mas de cabelo natural mesmo tenho 3 anos já :)

Abraços!

Adoro os posts de vocês sobre transição, mesmo nunca tendo passado por uma. De todos os blogs sobre cachos que leio, o de vocês é o mais realista. Geralmente o que eu vejo é exatamente essa coisa da ilusão dos cachos perfeitos. Mas ainda assim acho bacana a iniciativa de incentivar as pessoas a voltar ao natural, e principalmente apoiar quem decidiu isso. Eu não tive transição, mas também tive um processo de aceitar meu cabelo e aprender a cuidar dele, e nunca teria conseguido sem o apoio de outras pessoas, parece pouco mas é fundamental pra quem tá passando por algo assim :)

Beijocas!

Gente amei, quero muito voltar aos cachos. Cansei de chapinha e secador,..

Transição capilar é realmente um período bem complicado. Mas, como você colocou no texto: ela passa!
Digo isso com o alívio de quem já terminou este conturbado ciclo.
E este blog foi muito importante para mim durante a minha caminhada.
Meu muito obrigada a todas vocês!

Obrigada pelo carinho Tamara! <3

Oi meninas!! entrei no processo de transição já algumas vezes, mais não conseguir. Agora voltei novamente! Gostei das dicas e do apoio.

Olá! Adoro o blog, é maravilhoso! Estou em transição e gostaria de pintar o cabelo, queria sugestões de tinturas sem química, será que poderiam me indicar alguma boa que não prejudique minha transição?

Oi Neide, infelizmente não existem tinturas sem química, apenas algumas mais “suaves” que as demais como os tonalizantes sem amônia. Acredito que eles são a melhor opção para quem deseja reduzir os danos causados pela mudança de cor dos cabelos. Dicas aqui: http://bit.ly/preposcoloraçao

Abraços!

Ooi meninas, meus cachos são 3b, tenho medo de fazer a transição, medo de que ele não volte a ser como antes…

Oi Michelly, geralmente volta sim viu! É só ter paciência :)

Algumas meninas observam mudanças: cachos um pouco mais abertos ou cachos mais fechados, cabelo mais crespo ou menos crespo. Mas muitas dessas mudanças resultam de processos naturais: envelhecimento, mudança nos hormônios, alimentação, etc. Mas independente disso, voltar ao cabelo natural é possível sim ^_^

Abraços!

Também gostei muito, pois, essa é uma fase que as mulheres ficam muito sensíveis.

Olá! A primeira química que fiz nos cabelos foi aos 9-10 anos. (Fiz relaxamento) Gostaria de saber se posso fazer a transição capilar sem problemas e se meu cabelo voltará a ficar cacheado.

Vai sim, Talita! :)


Deixe um comentário

error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não deve ser copiado ou reproduzido sem permissão prévia e sem atribuição dos créditos. Blog Cacheia 2013-2016.