Transição Capilar

Escova/prancha durante a transição capilar?

Muitas meninas que estão enfrentando a transição capilar ficam na dúvida sobre o uso de escova/prancha durante esse processo para disfarçar a diferença de texturas. Quem acompanha o Cacheia sabe que costumamos recomendar penteados, texturizações, um bom corte e uma pitada de paciência para passar por esse período. Não costumamos recomendar o uso de escova e prancha durante a transição, mas evidentemente vocês tem todo livre arbítrio para fazê-lo.

Passar pela transição capilar sem escovar/pranchar sempre pode ser legal na medida em que você vai conseguir observar como seu cabelo natural é, testar produtos e ver qual funciona melhor, acompanhar o processo de crescimento e inclusive se acostumar com o volume que é um diferente do cabelo alisado. Às vezes é preciso (re)aprender a cuidar do seu ondulado/cacheado/crespo. A transição capilar é um processo que vai além do cabelo para muitas mulheres porque envolve uma mudança interna que vai acontecendo conforme os fios crescem. Se você passar a transição inteira só de chapinha pode se sentir “estranha” com o cabelo natural e acreditar que ele “não combina” com você. Se você achar que escovar/pranchar o cabelo não vai te atrapalhar em nadinha, tudo bem! O importante é encarar a transição capilar da melhor maneira possível. Veja abaixo algumas dicas se você está pensando em escovar/pranchar na transição:

Protetor térmico

Além de considerar que é importante conhecer seu cabelo  natural para aprender a cuidar dele, um ponto de preocupação que deve ser considerado é o dano causado pela escova/prancha, que pode fragilizar ainda mais os cabelos em transição capilar. Secador e a chapinha são fontes de calor e se usados em excesso danificam a estrutura do fio. Então se for escovar/pranchar não se esqueça do protetor térmico.

Temperatura 

Mesmo com o uso do protetor, tente não exagerar na temperatura do secador e da prancha. No mercado existem pranchas que chegam a 450ºC por exemplo. Isso é muita coisa! Para evitar danos aos cachinhos, regule esses utensílios para uma temperatura mais baixa por volta de 185ºC no máximo 200ºC dependendo do caso. As altas temperaturas geralmente são indicadas para processos químicos específicos como progressivas. Expor seu cabelo diariamente à prancha pode prejudicar a saúde dos fios, especialmente se seu cabelo já se encontra ressecado.

Limpeza dos utensílios

As escovas e a superfície da prancha podem carregar resíduos de alisantes/progressivas/relaxantes. Com o calor e o contato com os fios existe o risco de que esses resíduos sejam transferidos para os fios, esticando algum cachinho por exemplo. Se você está em transição e abandonou o uso dessas químicas alisantes,  certifique-se de limpar bem esses objetos antes de usá-los conforme o manual de instruções desses materiais.

Use com moderação

Se seu cabelo já se encontra muito danificado pela ação de produtos alisantes, relaxantes, progressivas, etc; talvez seja mais interessante cuidar dele e diminuir o uso da chapinha. Se realmente sentir a necessidade de escovar/pranchar tente deixar seus fios respirarem alguns dias da semana, tire um tempinho para caprichar nas hidratações e nutrições.

Experimente outras possibilidades

Além da escova/prancha você pode experimentar texturizações diferentes, pode fazer penteados semipresos e pode inclusive caprichar na finalização e sair na rua livre, leve e solta, sem precisar necessariamente texturizar, escovar, etc. Algumas meninas acham super chato dedicar tempo às texturizações e claro, você não precisa ser refém delas! Faça quando quiser mudar o visual :) Confira nos links abaixo algumas sugestões.

Como lidar com as duas texturas do cabelo durante a transição capilar

Como sobreviver à transição capilar

Texturização SOS Transição

As melhores texturizações para o tipo 4

You may also like