10 coisas que transitetes NÃO devem fazer

Esse é um post especial para as transitetes que estão nessa jornada longa, linda, e um pouquinho sofrida de volta aos cabelos naturais!

10. Lavar os cabelos todos os dias

Quando eu entrei na transição, eu lavava meus cabelos todos os dias pra ver se a progressiva saía. As lavagens ajudam a retirar uma parte do produto, mas como tudo nessa vida bandida, existem limites. O produto não sai completamente dos fios, e depois que essa parte possível de ser retirada já foi embora, não adianta engolir anti resíduos ou ir pro mar todos os dias. O máximo que você vai conseguir é ressecar os seus lindos cachinhos que estão nascendo. Também é normal quando fazemos o BC, lavarmos os fios com muita frequência. Acho que já notaram que os cachinhos ficam mucho mais lindos nos dias que lavamos, não é? Mas não façam isso, transitetes queridas, porque conforme o tempo passa, a gente aprende a ter bons days after e lavagens acabam por ressecar os fios. A Mari já explicou isso melhor.


8. Preocupar-se com o volume, frizz e altura “duzcabelo”

transitetes

Sabe o que a gente faz quando o cabelo tá incontrolável? Come um cupcake. E tira fotos.

Eu gosto muito de bater nessa tecla porque é preciso, meus amigos e minhas amigas. Cabelo crespo e cacheado têm volume, frizz e fica alto mesmo. Altão. Então aceita que dói menos. Não dá pra controlar algo que é incontrolável. A questão de um milhão de reais é: por que essas características todas são consideradas feias? Ahá, eu tenho a resposta. Porque segundo algumas as más línguas da sociedade, cabelos cacheados e crespos só são bonitos quando têm as características do liso, ou seja: lindos cachos controlados, sem frizz, que caem calmamente pelas costas em belas e suaves ondulações. Desculpa, mas não é assim que meu cabelo acorda. E ele não deixa de ser lindo por isso. Algumas pessoas até diriam que esses padrões de cachos são bem racistas. Agora vamos ao próximo item.


8. Deixar de ver “Hair”

Hair é um filme, adaptado de um espetáculo musical, obrigatório para todas as pessoas que desejam libertar suas molinhas. Se você ainda não viu, veja imediatamente e entenderá o porquê: é sobre todas as tentativas de se quebrar com as repressões de classe, raciais, religiosas, sexuais. Apesar de se ambientar nos anos 60, nós transitetes sabemos, melhor que ninguém, que a temática é muito atual. O nome do filme também não é atoa, uma vez que esse grito de liberdade se vê expresso nos cabelos das personagens.


7.  Condenar quem faz alisamentos

Moças e moços, esse item é muito importante. Quando a gente resolve assumir os cabelos naturais, nós encontramos muitas forças negativas, muitas pessoas que falam mal das nossas molinhas e não vemos representatividade na TV e nem nas publicidades. Em um mundo de extrema valorização dos lisos, é normal e compreensivo que algumas pessoas censurem os lisos como forma de reação. Mas coleguinhas, não façamos isso. Nós queremos que TODOS os cabelos sejam admirados e entendidos na sua própria beleza, não queremos nos livrar de um padrão chato e criar outro, não é? Além disso, temos o dever (SIM!) de respeitar as decisões das pessoas. O máximo que podemos fazer, é, tendo em vista nossos valores, não encorajar e alertar sobre os riscos para a saúde, mas quanto à estética, as pessoas têm liberdade de deixar os cabelos como querem. Além disso, todos os cabelos são lindos e maravilhosos.


6.  Deixar de se divertir

Esse item é importante-para-baralho, queridas pessoas. Quando a gente entra na transição, nossa auto estima fica muito abalada e isso é normal. Precisamos de um tempinho para aceitar nossos cachos como são, e até lá, você se sente o cão chupando manga. Nessa época eu ficava super retraída, confesso, não queria sair de casa. Mas saía do mesmo jeito, de cabeça levantada. Não deixe de ir pra balada, shopping, caminhar, sair de casa e fazer as coisas que gosta. Vá e se divirta bastante porque essa fase nos ensina que nós não precisamos nos esconder atrás dos cabelos.


5. Querer os cachos da atriz X ou do Fulaninho

Nosso cabelo não tem que ser assim pra ser bonito. Naturalidade reina. Beijos

Apesar da pouca (ou quase nenhuma) representatividade, de vez em nunca (pouco dramática) aparece alguém com um cabelo cacheado de babar. É o que rolou com a Taylor Swift, por exemplo. Lembro que lá pros doze anos (ou treze, ou quatorze), naquela maldita crise de identidade, que eu odiava meu cabelo, apareceu uma matéria numa revista teen que me encheu de esperanças: o cabelo cacheado da Taylor. Basicamente, ela defendia a identidade cacheada, mas a matéria ensinava maneiras e truques com o babyliss pra ter os cachos iguais aos dela. Do que adiantou a matéria? Eu não consegui ter os cachos da Taylor (óbvio), e não aprendi a gostar dos meus. Não gente! Pode parar. A gente tem que amar os cachos que tem, sejam mais abertos ou fechadinhos, mais volumosos, com frizz ou menos. São todos lindos e acabou. Eu não sou a Taylor Swift, e nem quero ser.


4. Virar escravo de cronograma capilar e/ou texturizações

Fala sério se eu parei de ser escrava de chapinha e progressiva pra virar escrava de cronograma capilar, né? Me respondam, qual é a vantagem de ficar matando e morrendo pra texturizar todo dia, tratar 3x por semana e etc? Desculpem, mas eu não tenho paciência. O cronograma é legal quando seu cabelo tá bem danificado, e eu hidrato e nutro o meu. Mas não faço disso a meta da minha vida, nem me obrigo a cuidar do cabelo religiosamente. Não façam por obrigação, façam porque é interessante, se tiver tempo. Se texturização e cronograma virarem motivo de estresse, você só está trocando o sujo pelo mal lavado, lamento informar. É uma boa reflexão.


3. Transitetes não podem deixar de praticar a sororidade

A sororidade é um princípio muito bonito usado especificamente para o movimento feminista, que significa “irmandade entre mulheres“. Mas estourando essa bolha, sugiro a irmandade entre cachead@s. Esse princípio pode ser aplicado quando você ajuda aquela pessoa que resolveu entrar na transição, ou elogia os cacheados e cacheadas nas ruas (eu faço isso sempre) e até quando utiliza os espaços do seu dia-à-dia para desconstruir o preconceito. A sororidade parte daquela velha ideia de que juntos somos mais. <3


2. Aguentar as críticas calad@

Eu não acho que nós temos que agir com grosseria gratuitamente com as pessoas, nem se fechar para todos os tipos de crítica. No entanto, quando se trata do meu corpo, e das decisões sobre o MEU cabelo, quem fala bosta vai ouvir bosta. Eu só lamento. As pessoas não têm domínio sobre mim, e o que eu faço com meu cabelo é problema meu. Assim que cortei meu cabelo, em um mini BC, um familiar me disse que ia ficar “muito alto”. Eu respondi: “Que coisa, né? Porque é assim que eu gosto”. Um outro parente disse que tinha assustado com minha  foto no facebook. Valha-me, Deus! E eu lá só obrigada a ouvir desaforo calada? E se te chamarem de bruxa ou bruxo por causa do fuá, lança logo uma maldição e sai voando na vassoura. Eu sou bruxa mesmo, não tive aulas de Defesa contra artes das trevas em Hogwarts atoa. Se quiser mandar maldição imperdoável em mim, saibam que vão levar Expeliarmus de volta! :-)


1. Não acompanhar o Cacheia!

<3

Esse é, de longe, o maior crime de todos. É óbvio que eu sou suspeita pra falar, mas existe algum blog que explore tão bem o universo crespo e cacheado?

 

Transitetes de todo o mundo, uni-vos!

Raysa França

Raysa, 21 anos, vegana, belo-horizontina e mineira de coração. Estudante de ciências sociais, apaixonada com pessoas, animais, viagens, desenhos animados, culinária e cabelos.







comments

Blog Comments

Não existe vcs são ótimas !!!!bjs

Haha Obrigada linda! :*

Querida Rayssa,
Adorei o seu texto, especialmente quando você menciona que não devemos condenar quem faz alisamentos e a prática do sororidade para as crespas, cacheadas e as que estão na transição, como eu. Quando alisamos o cabelo sofremos muita crítica, especialmente fundamentadas em questões de identidade. Por mais que tás críticas tenham fundamento, é muito chato ouvir pessoas (que muitas vezes sequer conhecem você) fazer julgamentos e piadas sobre o seu corpo e suas questões infinitamente subjetivas. Não encontrei pessoas muito solidárias no meu caminho, mas isso não pode me desanimar. Por outro lado, quando deixamos de usar as químicas, somos taxadas de desleixadas etc e tal. Hoje procuro não dar tanto ouvido a isso, embora seja muito difícil! Descobri o blog ontem e estou amando mesmo!!! Acho que desde os 16 anos venho alisando o meu cabelo e, desde então, tentei por duas vezes deixá-lo natural, mas não obtive sucesso. Enfim, acho que venho passando por tudo o que vcs aqui do blog mencionam em relação a dificuldade de aceitação do cabelo natural. É realmente muito difícil e exige paciência! Estou sem fazer química há uns 2 anos e acho que ainda estou na fase do “Scab” (não sei como se escreve esse trem! rsrsrs) e confesso que está difícil, viu?! O lado bom dessa história é que percebi que não estou sozinha e que existe um monte de gente disposta a ajudar não apenas a cuidar dos nossos cabelos, mas a devolver a nossa auto-estima roubada por um ideal de beleza eurocêntrico. O blog tem me ajudado muito porque eu realmente desconhecia a gama de produtos, técnicas e dicas de como deixar o cabelo natural de forma saudável e do jeito que preferir. Adorei as dicas de como não ouvir caladas as malditas críticas aos nossos cabelos!! Obrigada por compartilhar a sua rica experiência conosco!
Beijos,
Cecília.

Oi Cecília, não faz sentido sair “rachando” uma pessoa que passou, e ainda passa, pela mesma pressão que nós, né?
Sobre deixar o cabelinho natural: deixa, deixa, deixa! a gente te dá força e apoio! <3
Bom, provavelmente você deve ter passado da fase do scab! Você já conseguiu cortar toda a parte com química?
Eu que agradeço por compartilhar conosco!

Beijocas

Menina isso tudo é verdade, tipo eu mesma sei o quanto é difícil passar pela transição e tbem agora estou sentindo como é péssimo fazer o bc quando temos tão pouco comprimento, tento manter a calma olhar para meu cabelo e pensar: ele vai crescer, vai ficar lindo, isso é apenas uma fase *_*

Exatamente! Duas palavras guiam nossa transição: paciência e desprendimento.
Paciência porque cabelo demora a crescer mesmo!
E desprendimento das opiniões dos outros e do que a sociedade nos diz que é feio.

Obrigada pela participação, beijos!

eu não to aguentando vai demorar muito tempo pro meu cabelo crescer des-da-raiz, quando olho no espelho meu cabelo não está nada do que qro! Saber q as pessoas estão achando meu cabelo super estranho!e ainda perceber q os fios de cima parecem não estar crescendo enquanto os debaixo tem 4 dedos de crescidos! nao me sentir bonita! e saber q vai demorar uma eternidade e q eu preciso ter paciencia o q eu nao tenho nem um pouco ajuda !!!!!!!!!!!!!!!!!!

Eu sei que a transição é realmente complicada, e é muito difícil, especialmente na frente.

Mas pensa em todos os seus incentivos: você vai se conectar com suas raizes, transição é sobre emponderamento e também saúde.

Boa sorte, queri!

Bjos

sem mencionar a rais berrando to mt angustiada tentando persisitir

Bom, eu sou meio suspeita pra falar, pq na época q tava em transição tava nem ligando se tava com duas texturas, se o povo ia achar estranho, pro que os outros falavam, mas eu molhava todo dia! Quando cortei, todo mundo me crucificou, minha mãe chegou a me chamar de rebelde, mas nunca sofri por causa disso! Mantenho ele curto por gosto há 2 anos, e não ligo pro que acham, amoo quando ele tá cheio dw volume e amo o cacheia!! Principalmente por ter uma conterrânea aqui!! :)

Alice, mas é esse o espírito mesmo! hahaha
Ligar pro que os outros pensam só nos causa angústia!

Você é de onde?

Bjos

Estou em transição,e sim TENHO que lavar meu cabelo TODO DIA, não que eu goste mas ele ficou oleoso depois de tanta química. Aviso pra quem escreveu o post </3

Responder

Cristiane M. V. De Souza

Olá! Eu também estraguei meus cachos mas a minha sorte foi que eu não coloquei química no cabelo. Eu só fazia chapinha toda semana. Mas só isso bastou pra fazer um estrago. Hoje faz 1 ano e meio que eu não faço mais nenhum procedimento de chapinha no meu cabelo, e ele ainda permanece alisado na frente. Putzzz… sigo na hidratação o que tem melhorado e muito o meu cabelo. Hoje eu penso como eu era idiota! Meus cachos eram perfeitos! Parabéns pela paciência na transição. Não é mole não!

Gentee, eu ri..”se te chamarem de bruxa, lança logo um feitiço e sai voando na vassoura” hahahahahaha amei o post! <3 amei o blog <3

Ficamos felizes que tenha gostado, volte sempre viu Isa? Beijos!

gente estou em transição….
lavo o cabelo dia sim dia não…..
e é fato isso que não podemos lavar todos os dias
até por que não ha raiz que aguente né…..

Eu também tenho lavado dia sim, dia não! Mas quero reduzir.. Pois é, cabelos cacheados e crespos são naturalmente ressecados, imagina lavando todos os dias? haha

Bjocas

Adorei o post. Também estou em transição, não esta um cabelo invejável rsrsr, mas eu estou amando, naturalmente cacheada. Apesar que apos a progressiva meus cachos não retornaram como antes, não cacheia tanto, e ficou sem forma, nem liso nem cacheado e oleoso.

Aline, aposto que seu cabelo tá lindo!!! A progressiva contribui para dar uma “desmodelagem” nos cachos, mas depois que a parte lisa vai embora, é só alegria e amor! Bjocas

Meus cabelos apos o corte que saiu toda química, não ficou com cachos definidos, não voltou a ser como era, uso leav-in, e tenho que lavar todos os dias porque ao dormir ele acorda horrível, sem forma, sem cachos, sem nada. O que poderia usar ?

oi Aline, tudo bem?
Você tem certeza que toda a química foi embora mesmo? Vc fez alguma química, tipo descoloração ou tintura? Eu descolori e estou tendo um pouco de dificuldade com a definição, mesmo ele estando natural!
Se não tiver feito nada disso, eu vou saber como te ajudar melhor!

Bjocas

é realmente nao esta natural, a progressiva saiu, mas uso tintura e ate mechas, seria isso o problema de definição dos cachos ou seria apenas mudança dos cabelos? qual leav-in mais em conta do low poo que me indicaria ?

Aline, pois é… aconteceu exatamente isso comigo, por causa das mechas os cachos perderam muuuuuuuita definição… talvez é isso mesmo, é normal.. mas acredito eu que aos poucos volta :((

eu indico dois leave ins AMOR que eu tenho usado bastante ultimamente: yamasterol (branco ou amarelo) e elseve reparação total 5 especial química (o normal não é liberado)… especialmente o da elseve deixa bem definido! haha

bjocas encaracoladas :*

fico agradecida, pela colaboração. amo o blog.

obrigada, lindona! <3

Oi obrigada pela informação, adorei o texto, muito bem escrito e ÉTICO!
Estou preparando meu psicológico pra não cair na tentação, usava henê, o cabelo fica lindo, mais ja quase não encontro, e fora que pensei muito, e esse não é meu cabelo…
Meu cabelo por fotos quando criança, era um liso grosso , cheio e ondulado, porém por não saber cuidar acabei caindo no mundo das quimicas… Mais estou disposta a passar pela transição, ja estou preparando pra compras os produtos pra poder fazer td certinho.
Obrigada pelas dicas , tb vou assistir ” hair” rsrsr

Oi Camilaaaa!!! Tudo bem contigo? Poxa, fico muito feliz que tenha gostado do texto <3
Henê fica lindo mesmo, mas poxa, naturalidade é sempre MAIS!!!!!!
Assiste mesmo porque hair é FORÇAAAAA!!!

Boa sorte na transição, precisando é só chamar... bjocas

Ja cortei meu cabelo, estava quase cintura e o deixei na altura do ombro, foi moleza kkkkk. Agora ja estou em tratamento, e aos poucos vou cortando as pontinhas. Esta sendo uma fase maravilhosa, de descobertas pois não sei direito como é meu cabelo rsrs Surprise!

É sempre bom ir descobrindo coisas novas sobre o cabelo, né Camila? hahaha Beijão!

Olá Camila
Estou na mesma situação que você. E o pior é que o hene deixa o cabelo muuuuito liso, não é? A diferença da raiz é muito grande, e olha que meu cabelo não cacheia tanto assim na raiz… Força pra gente!

Responder

Natalie Ferreira dos Santos

Boa tarde meninas,tinha programado uma viagem com meu namorado e um casal de amigos pro feriado de 15 de novembro e me vi desesperadaaaa pq minha progressiva já estava meio que vencida,igual uma louca peguei o produto e com a ajuda da minha mãe fui aplicando o bendito pois não tinha tempo de ir pro salão,resultado não ficou como eu esperava e no final de tudo me senti ridícula pelo meu desespero,uma raiva de mim mesma meu cabelo não é liso e nunca será desde a volta dessa viagem estou pesquisando sobre transição e encontrei vcs, amei os posts e o blog. Queria o apoio de vcs, não quero desistir.Parabéns pelo blog e mto sucesso a todas vcs

Oi oi Natalie! Não se sinta ridícula, querida, porque a gente é ensinada desde pequena a ter ódio dos nossos cabelinhos!

Seja bem vinda ao universo mágico dos cabelos cacheados.. Aqui no blog mesmo tem várias dicas, é só navegar no menu lá encima!
Você tem todo o nosso apoio, e se precisar de qualquer coisa, já sabe, é só nos chamar por aqui ou pelo feices! <3

Beijocas encaracoladas e boa sorte : *

Vocês são ótimas mesmo. Vou acompanhar sempre <3

Ola faz poucos dias que encontrei seu blog, estou adorando (já curtia sua página no facebook), me identifiquei com item 5 porque quando eu tinha lá meus 14 ou 15 anos (não me lembro direito) eu também comprei uma revista com dicas para ter cachos como da Taylor e era maneiras e truques com babyliss pensa que decepção. E agora estou em uma difícil transição faz 6 meses e parece que meu cabelo demora pacas para crescer, tem alguma forma de acelerar esse crescimento?

Clarice, pois é, eu tive essa decepção enorme, que não ajudou em NADA na minha aceitação e auto-estima.
Você já leu algum post sobre transição capilar no blog?
http://cacheia.com/?s=transi%C3%A7%C3%A3o

Beijocas e boa sorte :*

Olá gurias!

Acho q o mais difícil do período de transição é ficar com o cabelo metade de cada jeito. Realmente fica feio um cabelão liso só com a raiz crespa, ou cacheado com pontas lisas. Pra quem tbm se identifica com cabelos curtinhos, é mais fácil. Dá pra cortar batidinho, ou esperar os cachos chegarem na altura do queixo, chanel cacheado fica muito bonito tbm! Dá um efeito vintage em cachos grandes, e super sexy nos cachinhos afros.

Já quem prefere longos, pode fazer escova na raiz crespa, para igualar com a parte lisa, até q seja toda cortada. Ou, tbm, cachear da metade para baixo (a parte q ainda tá lisa), mas é melhor q faça com bobes, coques ou anel, do que usar o calor do baby liss diariamente. Dá trabalho, ideal para os dias de passeio…

Por fim, outra alternativa fácil para o dia a dia são penteadinhos como coques altos (bagunçadinho fica mais lindo ainda), tranças…

Quando menos imaginarem, a química já foi cortada e vcs estarão como princesas cacheadas hehe!

Boa sorte, e não desistam!!

Adorei teu comentário Camila!

Ótimas dicas, e mais uma vez não desistam meninas!

Como eu precisava ler isso! Sempre me senti culpada por ter preguiça de seguir cronograma haha tô cacheando e bem mais animada agora *-* obrigada!!!!

Que bom, Luciana!
Ficamos muito felizes!
Conte com a gente :)

Bjs

Nossa gente, depois que entrei em transição minha autoestima aumentou 10 milhões de vezes. Tô sem química há quase 6 meses e ainda tem MUITO cabelo liso aqui, mas já amo meus cachinhos. Faço texturização um sim e um dia não, as vezes dois dias não kkk, e acho ele lindão. Desde que entrei em transição recebi mil elogios, o que não acontecia quando tinha o cabelo alisado. Eu acho que é uma mudança de dentro pra fora tbm, né? Eu estou ME SENTINDO bonita e acho que isso faz de mim bonita sim, passo isso pras outras pessoas. Também tenho em mente que quem deve gostar do meu cabelo sou eu, euzinha mesma, a pessoa mais importante da minha vida.
Vivo pensando “Se já tô amando agora, imagina quando cortar essa lisura que falta!”. Ainda não tô pronta pro BC, mas já tem data marcada: No final do ano!
Como falei, tudo mudou aqui dentro. Não me identifico mais com o cabelo liso, quando o lavo e vejo as pontas lisas me sinto murchinha, sem vida.
É muito importante essa mudança interior para refletir no exterior.

Obrigada pelas dicas meninas, vocês nos dão força para lutar! :*

Thaís, eu entrei em transição: auto estima baixa
Eu cortei: auto estima lá encima!! :DDDD
HAhahaha
Aaaai que linda você! As texturizações têm dado certo?
Manda foto quando você fizer seu BC!!

Beijocas e parabéns pela positividade!

Adoro ler os posts sobre transição, apesar de já ter passado pela minha, ufa! Quando decidi que não aceitaria mais nenhum tipo de alisamento não esperei (nem aguentei!) e cortei logo tudo. Mas claro, se não fosse o apoio de profissionais especializados em nossos cachinhos, blogs e vídeos, talvez eu tivesse pensado mil coisas e estaria até hoje esperando o cabelo ficar no “tamanho ideal”. Na sofrência. rs
Que o blog tenha vida eterna e próspera, para ajudar as muitas cacheadas que vem por aí, e as que já são.

Beijos!

Tati, é um alívio imenso quando a transição termina, né? Hahaha
Ó, mto obrigada pela participação e pelo carinho!

beijocas

AH blogueiras do Cacheia como eu amo vcs <3 acredita que passei pelo blog hj afim de achar alguma saída, pq estou passando pela transição vai fazer um ano e estou meio perdida, ainda mais hj que uma amiga me disse que meu cabelo estava horrível em uma foto :( mas ainda bem que existe esse blog que não nos deixa desistir !!!! Adoro vcs e continuo com a minha transição :D

Anaaaa, e nós amamos você!!! <3 <3 hahaha
Ah, não ligue para sua amiga, cabelos naturais são maravilhoooooosos!! E não fica com raiva dela não, tenho certeza que logo logo ela vai perceber isso também!
Beijocas

Cada post mais perfeito que o outro, parabéns meninas!!

Obrigada, Carine :))

Vamos lá… rsrs estou em transição. Sou uma transitente rsrs é assim mesmo que diz? Já li o dicionário completo porque simplesmente não conseguia entender nada. Não quero cortar meu cabelo, ainda, rsrs o BC acho que ficará beeeem para frente. Serei sincera, nem sei se aguentarei passar pela transição. Eu me adaptei muito bem ao alisamento e não pensava em voltar aos cachos, mas resolvi deixar meu cabelo crescer… e foi neste momento que percebi que não daria certo. Enquanto eu fazia o alisamento e cortava não vi os danos. O excesso de alisamento deixa o cabelo sem vida e as pontas finas demais… passei a não curtir meu cabelo. Fiz hidratações, mas não melhorou. Agora estou com a raiz cacheando e o resto liso… acho que não está nem liso e nem cacheado… não estou achando feio, porém no meu trabalho e em casa todos dizem que está horrível. Vou tentar as dicas do blog e ver o que acontece. Quem me apresentou o blog foi minha cunhada, ela já passou pela transição e tem me apoiado neste momento rsrs Estou com muita dificuldade em mantê-los no after day. Estou molhando sem lavar com shampoo. É difícil também porque neste momento o cabelo não está nem liso e nem cacheado… vou aprendendo aqui com vocês e vamos ver o que vai dar rsrs

Adriana, gata, é transitete! Hahahaha
você aguenta passar pela transição, sim, mulher!! Que papo é esse?
Ai, e não ligue pro que as pessoas dizem, normalmente elas são idiotas. Me dizem muitas coisas mas eu nem ligo.
Hahaha

Qualquer coisa que precisar, tamo aí! E força!
Beijocas

Olá, meninas. O blog Cacheia tem me ajudado muito a passar pela transição. Estou há 8 meses sem química. Em meados de julho de 2014 não aguentava mais alisar meu cabelo, porém depois de alguns meses de raiz crescida e um permanente afro mal sucedido, me rendi ao relaxamento novamente. Depois disso, resolvi parar completamente de alisar e voltar aos meus cachinhos. No começo, eu nem conhecia muito sobre a tal transição, mas comecei a pesquisar sobre o assunto e achei o blog Cacheia!, que me ajudou bastante. Me ajudou a assumir minha identidade cacheada de vez. Depois que comecei a ler mais sobre o assunto transição e ver garotas que passaram por todo processo, passei a me aceitar e a não deixar as duas texturas me afetarem tanto (porque antes eu me sentia horrível só por sair de casa assim). Ainda não testei nenhum tipo de texturização, mas pretendo. E também pretendo fazer meu BC quando completar 1 ano / 1 ano e meio de transição. Só espero me sentir segura até lá. Enfim, muito obrigada, meninas, por me ajudarem nesse processo. Bjs.

Ei Bruna, tudo bem? Ficamos mto felizes de te ajudar com a transição! <3
Quando fizer seu BC, conta pra gente

Toda a sorte do mundo!

Beijocas

Oi Raysa!

Descobri o blog hoje e já dei umas fuçadas. Amei tudo e amei você!
Super confiante e hilária você menina :D

Estou com cerca de 5 meses de transição. Fazia relaxamento com guanidina e escova marroquina nos últimos anos, mas no total estava há 15 anos alisando direto.

Na verdade, estou entrando nesse mundo pois quero engravidar e decidi já deixar o cabelo crescer natural pra pegar força, e até pra eu ir me entendendo com ele né. Até o fds passado fiz chapinha, mas nesse agora decidi deixar “in natura” mesmo. Amanheci cheeeia de frizz, mas a sorte é que trabalho de rabo de cavalo, e dá pra dar uma enganada.
Peguei as dicas de produtos e assim que puder ($$$ rsrs) vou comprar tudoooo!!
Tô focada em hidratar os revoltados e sonhando em poder usar ele solto. Odeeeio cabelo preso :(

É isso. Vou virar frequentadora assídua aqui!!

Bjs e tudo de bom!!

Thayse, sahasuashusahau oláaa
Nossa, escova marroquina = escova do demo, credo!

Aai que lindo, melhor para o seu cabelo, pra auto estima e pro bebê que vai vir! <3
Acho que esse post da Mari vai te ajudar, já viu? http://bit.ly/manual-cabelocrespo

Beijocas e boa sorte

Garotas, eu decidi começar a transição!! Fiz escova inteligente 3 vezes e na 4ª vez quase venho a óbito. Tive reação ao produto, fiquei inchada, tapou a garganta, fiquei sem respirar!!! Meus olhos, boca, orelhas, nariz…cresceram horrivelmente. Minha cabeça (a testa principalmente) inch0u demais. Eu ja queria ter começado, mas decidi fazer a inteligente de novo. Mas depois dessa experiencia horrível que eu tive…Acho que devemos nos amar como somo! Como já foi dito aqui no Cacheia, todos os cabelos são lindos e devemos amar os nossos como são!

Nossa, Flávia!
Que difícil isso! Você chegou a ir em algum médico? Foi uma reação alérgica a algum componente da progressiva? Pode nos falar qual?

Você está certíssima!

Não sei nem como dizer o quanto me ajudou. É bem difícil lidar com bullying e pessoas fazendo comentários ruins sobre minha escolha u-u estou a 3 meses no processo de transição e não poderia estar mais satisfeita *u* você me ajudou muito, mil obrigadas :3

Que bom, Gabrielle!
Ficamos muito felizes. Se precisar de ajuda, estamos por aqui!

Bjs

oiii, preciso de ajudar meu cabelo esta alguns meses sem dar química. esta cacheando, só que eu tenho medo de corta e ele não cachear. ele foi cacheado dos 4 a 5 anos e depois ele ficou rebelde e perdeu td os cachos e comecei a dar química, só que uma vez meu cabelo caiu bastante e tive q cortar e ele voltou cm os cachos só que agora tenho medo dele n cachear como da ultima vez. me ajudem!!
blog ótimo

Oi, Talita!
Precisavamos avaliar porque o seu cabelo deixou de cachear. Será que não era porque você penteava o cabelo seco e ele perdia a definição? Eu fazia muito isso rsrs
Conforme você tirar a parte com quimica e a nova crescer, seu cabelo terá a mesma textura de antes.

Bjs

Ai meninas não sei oque fazer meu cabelo ta uma ENORME “M” de verdade fiz um BC platinei e literalmente ele se desfez estou recuperando e fazendo reconstrução, nutrição e o caralha a 4, mas meu ele não define de jeito nenhum fico parecendo o “Beetlejuice” do filme lá cabelo pra cima sem definição e seco seco, dai acabo recorrendo a escova pra dar uma melhorada e conseguir sair na rua, sinceramente nada funcionou pra mim fiz coquinho ficou UO, fiz fitagem pior ainda ele ainda ñ tem peso pra formar os cachos pelo que eu me lembro meu cabelo cacheava a partir de 3 a 5 dedos da raiz então fica esquisito uma leve ondulação na raiz armada e as pontas esticadas natural fica horrivel com escova consigo sair na rua e se faço babyliss ele não segura por muito tempo queria uma luz no fim do tunel pra conseguir superar essa fase critica do meu cabelo.. PS ele ja se recuperou do platinado ta super macio e parou de quebrar mas definição nos cachos que é bom nada :(

Oi Elis, que bom que já recuperou do platinado, já é um passo bom!
e rapidinho essa fase mais difícil passa, cê vai ver
obrigada por compartilhar suas experiências cabelísticas conosco, um beijo

Que texto! To na fase de me sentir horrivel, me atrasar pra chegar nos lugares tentando dar jeito na parte lisa do cabelo porém muitissimo orgulhosa com a parte cacheada… Enfim to bem abalada, acabei de fazer um semi BC e to satisfeita mas meio perdida, não me dou bem com texturização e esse trakinas meio a meio aqui tem me tirado do sério. O blog ta me ajudando muito, agora é ter paciencia! Beijo e obrigada pelas dicas :)

Oi Mayara, eu sempre chego atrasada, mas não é o cabelo não, é a enrolação mesmo kkkkk
De nada, fico feliz em ajudar!
beijocas

Eu ri muito…. e olha que meu cabelo está horrível e mesmo assim lendo o posto dei umas boas gargalhadas com o maravilhoso senso de humor de vocês. Amei. Bom meninas meu caso está difícil! Sou negra, meu cabelo é afro. Parei de alisar em outubro de 2015 e em 6 meses ele só cresceu três dedos na parte mais comprida. Outras partes tem menos que isso. Se eu cortar toda a parte alisada vou ficar com cabelo muito curtinho e não tenho coragem. Por outro lado não aguento ficar com o cabelo preso e com duas texturas de cabelo. Também não quero ficar escrava dessa tal texturização que nunca deu vontade de fazer ou pesquisar.Ô vida marvada. Já não sei o que faço. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!

Hahaha Bianca, mas rir é realmente o melhor remédio, não é?
Já conseguiu deixar o cabelinho natural?
Faz o BC!
beijo

adorei as dicas de receitas caseiras vou fazer! cortei o meu cabelo mais ainda tem alguas partes lisas que esta empedindo de formar cachos vou cortar novamente e o meu cabelo esta super resecado.

Olá, preciso de ajuda.
Eu nunca tive cabelo cacheado (era super liso) , até os meus 7 anos que cortei meu cabelo curtinho. E com uns 9anos minha mae passou agua oxigenada no meu cabelo todo.
Ai ele ficou super ressecado e tive que cortar bem curto novamente e ele começou a ficar bem volumoso e com algumas ondas, ai eu só usava meu cabelo com coque até minha primeira química em 2012.
Fiz a minha última progressiva em Julho de 2014 e durou uns 5 meses.
Desde então usava chapinha aquelas profissional (uma azul sabe)
Então eu nunca tinha vista meu cabelo cacheado.
Eu parei de fazer Química pq não gostava do cheiro, e resolvi usar chapinha.
Meu cabelo sempre foi até na cintura então eu demorava horas pra fazer chapinha e durava poucos dias.
Então resolvi parar de fazer chapinha em fevereiro depois de uma formatura.
A parte com Química ja saiu, mas meu cabelo continua meio liso por conta da chapinha.
Meu cabelo molhado já fica bem ondulado.
Mas eu não entendo pq meu a raiz do meu cabelo em cima está bem cacheada mas a parte de baixo está lisa, e a parte de traz não cacheia fica bem volumosa, com muuuito friz e sem definição.
Me ajudem por favor!!! Eu não pretendo fazer o BC.

ei Natacha, tudo bem contigo?
Muito provavelmente a chapinha deixou o seu cabelo sem forma.
A primeira coisa que eu recomendo é fazer um corte para pelo menos fazer umas camadas e repicar para estimular a formação de cachos.
Dito isso, acho que esse post pode te ajudar: http://bit.ly/definição-cacheia

Beijo!

Raysa querida, você é uma linda!!! Falou tuudooo! Sinto bem melhor em minha transição após ler essas suas dicas! Parabéns e muito obrigada! Bjsss…

AHahahahah Ei Gleice!
Brigadinha!
Força na peruca… na transição, eu digo hehe
Beijo


Leave a Comment