Cabelos Crespos e Cacheados

Meu cabelo é crespo como faço para ter cachos?

como cachear cabelo crespo?

O Cacheia é um espaço para compartilhar e trocar informações sobre transição capilar, cuidados com cabelos ondulados, cacheados e crespos, feminismo e outras coisitas mais. Nosso objetivo é que através das dicas, das fotos, dos textos e de tudo que a gente posta cada vez mais mulheres possam fortalecer a própria autoestima. Nós acreditamos que a transição capilar pode ser um meio de redescobrir a beleza do cabelo natural e valorizamos todas as  texturas capilares. Sempre tentamos compartilhar por aqui várias dicas úteis para cabelos ondulados, cacheados e crespos. Mas o que tem me preocupado um pouco é o volume de mulheres que nos procuram com uma mesma dúvida: como transformar cabelos crespos em cacheados.  Foram tantas mensagens semelhantes que acrescentamos essa dúvida no nosso álbum de dúvidas frequentes. Então vamos lá conversar sobre o assunto com um tiquinho mais de calma.

Recentemente, o número de mulheres que estão passando pela transição capilar (mesmo sem saber que ela tem esse nome) cresceu muito. Mas é perceptível também que em vários espaços novos como páginas, grupos e nas próprias propagandas dedicadas a essa nova demanda cresce também um modelo de cabelo ideal. Muitas imagens que circulam pelo Facebook e Instagram incentivam que as mulheres soltem os cachos, mas poucas incentivam que as mulheres de cabelos crespos também soltem seus cabelos crespos.

Muitos produtos desenvolvidos para cacheadas e crespas acabam projetando em suas fórmulas aquilo que acreditam ser “soluções” e qualidades desejadas: fim do frizz, cachos definidos e “alinhados/comportados”. Algumas marcas já sacaram que existem diferentes texturas capilares e que elas possuem características e necessidades diferentes. Outras não. No texto “Cabelo crespo está na moda?” discuti um pouco desse meu incômodo em relação à valorização dos cabelos cacheados em detrimento dos cabelos crespos, mas gostaria de continuar esse debate dessa vez falando diretamente às mulheres crespas.

Meu cabelo é crespo. Segundo essas tabelinhas a textura predominante é 4A. Isso significa que meu cabelo forma cachos pequenos e que os fios são super fininhos e sensíveis. Dependendo da finalização ele pode formar cachinhos bem definidos ou não, pode ficar super volumoso ou bem baixinho.

DSCF9667-horz

Os crespos 4B formam cachinhos ainda menores que os meus, são bem fininhos e igualmente delicados. Vejam aí exemplos de blogueiras que possuem essa textura capilar:

cabelo crespo tipo 4B

Lindos né? <3 Já o poderoso crespo 4C tem um padrão de ondas em “Z”.  Ele pode formar cachinhos bem pequenos em algumas partes, muito parecidos com a textura 4B ou não apresentar cachos. Os fios do cabelo 4C ficam bem juntinhos e podem encolher até 75% do tamanho original. 

CRESPOS4C

Muitas mulheres que possuem texturas 4B e 4C nos procuram receitas e produtos para deixar os cachos definidos e algumas vezes querem saber também sobre os métodos de encacheamento e super relaxantes para “descer os cachos”. Essa busca por um cabelo cacheado ideal às vezes é potencializada pela pressão da família, dos amigos e algumas vezes do próprio companheiro e a gente sabe o quanto isso dói. Quantas meninas crespas não ouviram frases como “seu cabelo é difícil de lidar”, “seu cabelo é o mais ruim da família”, “você tem cabelo de bombril”, “cabelo carrapinha”.

Várias pessoas estão muito mais dispostas a aceitar cabelos cacheados que aceitar os cabelos crespos e para isso elencam os argumentos mais diversos: dizem que trata-se de um cabelo “exótico” que só “combina com quem tem estilo”, dizem que as mulheres crespas que usam seus cabelos naturais só querem “chamar a atenção” porque estão usando o cabelo volumoso e que isso é um “exagero”. Sim, isso existe. E tem mais: a aceitação do cabelo crespo envolve uma discussão muito maior que aponta para as relações raciais que ocorrem no Brasil e com esse racismo velado que vivenciamos todos os dias. É exatamente por isso que falar sobre o cabelo 4C  e a hierarquização de texturas é muito importante.

Mas hoje o que gostaria de fazer, mais do que apontar para todas essas coisas é deixar claro que o Cacheia não incentiva o uso de super relaxantes, encacheamentos e permanentes para criar cachos em cabelos crespos, todavia, todas essas técnicas estão disponíveis e você pode lançar mão delas se quiser.  Você é completamente livre para isso. De qualquer modo, a gente ainda vai ter muita coisa pra compartilhar, certo? Receitas caseiras, dicas de produtos para tratamento, histórias, debates e por aí vai. Mas antes de qualquer coisa, meu objetivo principal com essa postagem é apresentar pra vocês inspirações de mulheres crespas maravilhosas e compartilhar links úteis para te ajudar a cuidar do seu crespo.

perguntas frequentes: como cachear cabelo crespo? O que eu quero te dizer moça, é que seu cabelo não é duro. Ele é macio. Ele pode sim, ser um pouco mais fino e frágil, então é preciso ter atenção quando for colorir/descolorir. Ele tende a ser mais volumoso (o que é ótimo!) e precisa de alguns cuidados para não ficar ressecado (como qualquer tipo de fio, aliás). Os cabelos crespos possuem uma versatilidade maravilhosa! E sim: eles crescem e muito! Acontece que os cabelos crespos apresentam um fator encolhimento bem maior que as outras texturas.

Não fique aflita porque seu cabelo não está “descendo”. O cabelos crespos também ganham peso quando ficam mais longos. Quando estão curtos ou médios, dependendo do corte, podem formar um black power super lindo!

Listei acima várias blogueiras e youtubers que possuem cabelos crespos. Que tal visitá-las para se inspirar? Quanto mais você pesquisar sobre o seu cabelo, mais você vai conhecê-lo e mais fácil vai ser estabelecer uma rotina de cuidados com ele.

Ok, e se mesmo assim eu quiser cachear?

Nesse caso estamos falando de uma alteração estrutural que exigirá avaliação profissional, acompanhamento e manutenção. Uma das opções mais antigas é o famoso “permanente afro“, com base no Tioglicolato de Amônio. Nesse procedimento geralmente o profissional utiliza bigoudins para remodelar os cachos, permitindo que um cabelo crespo exiba cachos bem delineados.

Para quem tem cachinhos pequenos e deseja uma curvatura mais aberta, além de relaxamentos mais “suaves” existe também a cisteamina de sódio. Enfim, no caso de crespos em transição capilar em função da progressiva, o Tioglicolato de AMP é uma opção para “desintoxicação” do processo de alisamento do formol e nivelamento de textura.

A escolha da técnica mais adequada depende do estado dos fios (resistência, porosidade, textura, densidade capilar, etc) e do efeito desejado. Por hora, é legal saber que o relaxamento trabalha por meio do processo de lantionização, possui alto potencial de dilação e depende da aplicação técnica para obter somente relaxamento  (a sobreposição desse tipo de química ou aplicação incorreta pode alisar os fios). No caso do permanente afro, o funcionamento químico é por meio da oxiredução, que tem potencial de dilação da fibra intermediário e pré-determinado. A cisteamina de sódio é um composto híbrido que realiza oxiredução e lantionização e também exige uma indução manual. Já o Tioglicolato de AMP tem baixo potencial de dilação capilar, sendo portanto mais tolerante e “suave” no caso de cabelos quimicamente tratados. A aplicação do AMP pode ser feita com bigoudins ou com outras técnicas de modelagem. Para saber mais sobre o assunto, sugiro uma visita ao site da marca Grandha, que patentou algumas dessas tecnologias de modificação da fibra. Consulte também um(a) cabeleireiro(a) da sua confiança para avaliar seu histórico capilar e checar a compatibilidade do procedimento escolhido com as químicas que você já fez

Veja também:

Aqui no blog temos uma playlist de vídeos com vários penteados para cabelos crespos curtos, confira lá!

Nesses álbuns do Pinterest dá pra encontrar ideias para cores, penteados, tranças, cortes e muito mais:

1- https://br.pinterest.com/4chairchicks/4c-natural-hair/

2- https://br.pinterest.com/rhazkill/4c-hair-style-ideas/

Nesse post aqui fizemos um bate-papo super legal sobre os crespos 4C:

Papo 4C: Transição capilar, cabelo crespo, produtos capilares e racismo

Tem também essa crônica linda:

Crônica: a negona no espelho

Se você quiser brincar com as texturizações vez em quando, confira esse post.

Seu cabelo provavelmente vai amar óleos vegetais! Veja como fazer umectação nesse post e descubra um modo de deixar os fios ainda mais macios e cheios de brilho.

Veja nesse link várias receitas caseiras para cuidar do seu crespo:

 Como seguir o cronograma capilar com receitas caseiras

Se quiser estabelecer uma rotina de cuidados mais programada, confira dicas e sugestões nesse post:

Cronograma capilar – SOS Cabelo

Veja nesse post aqui algumas receitas para usar no borrifador:

O que tem no borrifador

Tenho testado vários produtos para cabelos crespos. Você pode ver o que já resenhei até agora nesse link.

Leia também:
O tipo 4 e a hierarquização capilar

You may also like