Dicas

Por que os cabelos quebram?

Os fios quebradiços são um problema e tanto!

Às vezes a quebra é tão intensa que é confundida com a queda, mas vale lembrar que no caso da queda de cabelo o fio se solta inteiro. Já na quebra o fio se parte em dois. Identificar qual é o verdadeiro problema enfrentando pelos fios ajuda a tratar de forma adequada.

Aqui no blog já fizemos uma postagem bem completinha com as principais causas da queda de cabelo. Agora chegou a vez de falar sobre a quebra dos fios e as formas de evitá-la, então vamos lá!

Algumas causas comuns para a quebra de cabelo

Uso de “químicas”

Quando nossos cachinhos passam por processos como alisamento, permanente, etc; podem ficar mais porosos e quebradiços. E a situação piora ainda mais quando os cabelos danificados são submetidos ao calor excessivo da escova e da prancha já que os fios estão menos resistentes à tração.

Dica: Se seu cabelo anda enfraquecido em função do uso de “químicas”, deixe seus fios respirarem e dê um intervalo no uso desse tipo de produto.

Já vi casos de mulheres que fizeram um permanente que não deu certo e logo em seguida tentaram uma progressiva para alisar os cachos danificados. Evite  expor os fios ao calor da chapinha e do secador por um tempo e aposte em máscaras à base da queratina para amenizar os danos.

Sinal de alerta: se seu cabelo passou por muitos processos agressivos como alisamentos, relaxamentos e progressivas e está com bolinhas brancas no comprimento ou nas pontas, pode ser hora de buscar ajuda profissional. Isso porque com o tempo, os fios podem se romper nesses pontos brancos. A orientação de um tricologista é importante nesses casos já que a chamada tricorrexe nodosa não é a mesma coisa que ponta dupla e é resultado de traumas muito intensos.

Tricorrexe Nodosa. (Fonte da imagem)

Descoloração

Os cabelos loiros conquistaram o gosto das cacheadas e crespas, mas quem não tem as madeixas naturalmente claras precisa recorrer a um processo que também é muito agressivo para a saúde dos fios: a descoloração. Quando fazemos uma descoloração os pigmentos naturais do fio e parte dos aminoácidos presentes no fio são destruídos. Por isso mesmo, dependendo do quanto o cabelo foi descolorido e da quantidade de vezes, os fios podem quebrar.

Dica: O tratamento pós-descoloração é muito importante para recuperar os fios. Confira dicas para cuidar dos seus cachos antes e depois de descolorir os cabelos.

Excesso de secador/prancha/difusor

Às vezes a gente usa o secador ou o difusor e nem se dá conta do quanto o uso diário desses equipamentos pode prejudicar a saúde dos cabelos. A tração da escova com os cabelos por si só pode fragilizar o fios e torná-los mais quebradiços, as altas temperaturas completam essa “receita para quebra”.

Dica: Para proteger os fios do calor, utilize finalizadores ou sprays com proteção térmica.

Quebra por traumas mecânicos

O título desse tópico é complicado mas a explicação é bem simples: existem alguns hábitos ruins que podem causar a quebra dos fios. Entre eles está o uso de penteados como o rabo de cavalo, tranças, etc; muito apertados. Quando o cabelo sofre esse tipo de trauma, o fio pode se romper.

Dica: Faça penteados mais soltos e use acessórios confortáveis. Nunca penteie os cabelos secos, prefira desembaraçar os fios úmidos com o auxílio de condicionador ou leave-in. Comece a desembaçar os fios nas pontas e aos poucos vá subindo. Com um pouquinho de paciência e dedicação é possível preservar os fios.

Alimentação

Sm, a gente sempre fala da importância de uma alimentação equilibrada aqui no blog e mais uma vez ela aparece numa postagem. Uma alimentação carente pode deixar os fios mais fracos, por isso não cuide apenas da saúde dos seus cabelos, mas do corpo todo!

Como deu pra perceber, os cabelos quebradiços tem várias causas. Mais do que isso, o surgimento desse problema tem relação com o modo como você está cuidando dos fios e da sua saúde. Por isso mesmo, pesquise sobre o assunto antes investir num tratamento. No dia-a-dia, mantenha uma rotina de cuidados e sempre que necessário, busque a orientação de um especialista.


*Não sou formada em Tricologia, Cosmetologia, Dermatologia, etc. O texto dessa postagem é baseado em pesquisa bibliográfica e da minha experiência pessoal. As informações presentes aqui não devem ser interpretadas como orientação médica. 

Fontes bibliográficas:

CHILANTE, Jucemara Aparecida; DE OLIVEIRA VASCONCELOS, Leonardo Bruno; DA SILVA, Daniela. Análise dos princípios ativos do protocolo destinado a reestruturação capilar.

You may also like