Projeto Rapunzel: 7 dicas para crescimento capilar saudável

Não tem jeito, o crescimento capilar ainda é a preocupação da maioria das mulheres que procuram o Cacheia. Muitas pessoas buscam receitas para fazer o cabelo crescer rápido mas a verdade é que nem sempre as recomendações mais essenciais são levadas a sério. Por isso mesmo, vou começar uma série aqui no blog com o tema “projeto rapunzel”, dedicada especialmente pra gente discutir crescimento capilar e a rotina de cuidados com cabelos cacheados e crespos.

Ao longo desse período, vou testar e compartilhar com vocês alguns produtos e receitas para fortalecer e incentivar o crescimento dos cabelos. Simbora!

7 dicas para crescimento capilar saudável

Alimentação equilibrada

O tópico número um todo mundo já sabe de cor! A alimentação equilibrada é essencial para a saúde dos fios. A deficiência de nutrientes pode prejudicar o crescimento dos cabelos e inclusive tornar os fios mais opacos, fracos e quebradiços. Por isso mesmo, evite os excessos e busque por uma alimentação equilibrada e variada.  Não adianta fazer cronograma capilar se você não se alimenta bem e esquece de beber água ao longo do dia. Na dúvida, procure a orientação de um(a) nutricionista.

crescimento capilar saudável - 7 dicas essenciais para fazer o cabelo crescer mais rápido de forma segura. Na foto, cenouras e batatas são posicionadas de modo que lembram uma raiz. Texto reforça importância da alimentação equilibrada e de cuidar da saúde do couro cabeludo.

Cuidados desde a raiz

Muita gente investe em produtos e receitinhas para o comprimento e as pontas e esquece de prestar atenção ao couro cabeludo. Uma boa maneira de fazer isso é fazer lavagens mais cuidadosas e eficientes. Não basta comprar um shampoo maravilhoso se você não capricha na parte principal: a fricção no couro cabeludo. Então faça uma bela massagem e garanta que a limpeza esteja realmente bem feita. O acúmulo de resíduos de produtos, poeira e outras sujidades obstrui e prejudica o equilíbrio do couro cabeludo.

Além disso, evite abafar os cabelos com bonés e outros adereços fechados frequentemente. Não durma com os cabelos úmidos ou prenda os cabelos ainda molhados. Todos esses hábitos podem contribuir para o enfraquecimento dos fios, além de criar um ambiente favorável para proliferação de microrganismos indesejáveis.

Problemas associados ao excesso de oleosidade, caspa, seborreia, ou quaisquer outras alterações do couro cabeludo devem ser tratados. É sério mulher, busque um(a) dermatologista/tricologista nesses casos. Sem o devido tratamento, por mais que se invista em bons produtos, a saúde dos cabelos pode ficar comprometida.

Aliás, às vezes mudanças no cabelo como a queda, o ressecamento excessivo, manchas brancas, etc; podem ser sinais de que algo no nosso corpo não vai bem. Mais do que priorizar o crescimento rápido, priorize sua saúde e não ignore esses problemas.

Pausa nas agressões externas

Colorações, descolorações, uso frequente de secador e chapinha são alguns exemplos de procedimentos que podem provocar o enfraquecimento, a quebra e, em alguns casos, a queda capilar. Para alcançar fios mais saudáveis, reduzir esses danos é imprescindível. Sem contar que a quebra contribui para a impressão de que o cabelo não está crescendo já que a perda de comprimento é muito frequente, o que é péssimo e só traz mais ansiedade pra gente.

Por essa razão, o ideal mesmo é passar bem longe de químicas mais agressivas. Mas se você ainda é adepta de “químicas” como relaxantes, selagens, botox, etc; e não abre mão delas, faça esse tipo de procedimento com profissionais, respeite um bom intervalo entre os procedimentos e não abra mão do tratamento entre as aplicações.

Se você costuma colorir, opte por colorações mais suaves, como os tonalizantes sem amônia. Evite também descolorir o mesmo comprimento de mecha repetidas vezes. Se possível, retoque apenas o comprimento novo que está crescendo. Esse cuidado é muito importante já que a descoloração pode remover não só o pigmento natural mas também componentes como a cisteína, um dos principais aminoácidos que compõem a fibra capilar. Ao longo do tempo, esses danos  podem prejudicar a resistência dos fios e a própria forma. Ou seja: os cachos perdem saúde e definição. 

crescimento capilar saudável - 7 dicas essenciais para fazer o cabelo crescer mais rápido de forma segura. A foto possui itens usados para modelar os cabelos como secador, chapinha, escova, pente e babyliss. O texto recomenda a redução de danos externos.

Outra dica é reduzir o  exposição ao calor do secador. Em determinados períodos do ano, como no inverno, a gente usa e abusa do difusor de cachos para secar os cabelos porque não dá pra passar o dia inteiro com os cabelos molhados. Fora essas situações de necessidade, a recomendação  é deixar os fios secarem naturalmente sempre que possível e não abrir mão de produtos com proteção térmica.

Use produtos adequados

Se você está buscando pelo crescimento saudável, use desde já produtos adequados para as necessidades do seu tipo de cabelo. E não estou falando só de tipos de cacho não viu? É importante considerar se seus fios são normais, secos, mistos ou oleosos. Considere também o “histórico” dos seus fios: se passaram por alguma “química” recentemente (coloração, descoloração, permanente, relaxamento, etc)  e quais danos mais sofrem no dia-a-dia (secador, poluição, piscina, mar, etc).

Cuidado com os excessos

Não atire para todos os lados! Combinar linhas de crescimento, receitas “bomba”, ampolas de vitamina, etc; de uma vez só não é uma boa ideia. O excesso de alguns componentes pode não fazer nada bem para os fios. A queratina em excesso por exemplo, pode deixar os fios enrijecidos e mais propensos à quebra. Sem contar que quando a gente usa muita coisa o mesmo tempo, pode nem perceber o que está ou não funcionando.

Entenda o ciclo

Relaxe! Às vezes a gente acha que o cabelo não está crescendo porque cabelos cacheados e crespos encolhem bastante. Ao contrário do que se imagina, em condições normais, a maior parte dos fios está justamente na fase de crescimento, a chamada fase “anágena”. Entender que nossos cabelos possuem um ciclo e que dificilmente os fios fogem à regra de crescimento de pouco mais de 1 cm ao mês é muito muito importante!

Não caia em histórias mirabolantes de vários centímetros de crescimento por noite ou qualquer coisa do gênero. Tenha paciência, respire fundo, faça atividades físicas, leia um bom livro, priorize outras coisas nessa vida.

Em breve a gente retoma esse tema com dicas práticas e vídeos :)

 

Fotos do post:

Photo de capa by Thought Catalog no Unsplash

Photo 2 por Gabriel Gurrola no Unsplash

Photo 3 por Shari Sirotnak no Unsplash

Maressa De Sousa

Maressa, 23 anos, baiana. Mestranda em Antropologia. Ama filmes e livros de ficção e aventura. Para ela, a transição capilar marcou o início de muitas outras transformações.







comments

Blog Comments

Olá! Tenho uma super dúvida!!!!!
Dormir com o cabelo amarrado faz mal?

não faz mal, mas se tiver muito forte ou se for com frequência pode quebrar os fios!

Toooppp!

Olá? O correto é dormir de cabelo amarrado ou solto?

Oi Taynara, tudo bem? Você pode fazer um coque bem frouxo, o famoso “coque abacaxi” dependendo do comprimento do seu cabelo. Pode também com o cabelo solto. O importante mesmo é que o cabelo esteja seco. Outra dica legal é usar uma fronha de cetim para evitar o atrito excessivo dos cabelos com o travesseiro.

Abraços!

Meu cabelo ele está quebrado atrás, não fiz química, sempre hidrato mas ele parece não crescer atrás e está parecendo um corte químico . O que eu deveria fazer? Será que devo dar um corte novamente?

Amarrar muito faz com que ele quebre? Agradeço as repostas.

Oi Taynara, tudo bem? Amarrar muito apertado ou amarrar cabelos ainda molhados pode incentivar a quebra. Outros hábitos como o uso frequente de chapinha, secador ou babyliss também contribuem para o enfraquecimento e quebra dos fios. Se você acha que o motivo para a quebra pode ser o fato de estar amarrando os fios com frequência, tente variar: deixe solto às vezes, faça penteados semi-presos, etc. Além disso, troque o elástico comum por elásticos mais largos, tiaras de tecido e por fitas maleáveis. Sabe tecido de biquíni? Eu prendo meu cabelo com uma fita desse tecido e é ótimo, estica super bem e não puxa demais.

Abraços!

Obrigada pelas dicas!


Leave a Comment