Blog

Óleos vegetais para crescimento capilar

O crescimento capilar é o desejo número um de muitas crespas, cacheadas, onduladas e mulheres em transição capilar. O mais legal é que dá para incentivar o crescimento capilar de forma bem natural, por meio dos óleos vegetais.

E oque são óleos vegetais?

São substâncias lipídicas extraídas de diferentes partes das plantas como por exemplo folhas, raízes, galhos e principalmente sementes. Os óleos vegetais possuem muita afinidade com nossa pele e com o couro cabeludo.

Para quem é crespa, cacheada, ondulada ou está em transição capilar, os óleos vegetais são maravilhosos já que conferem mais emoliência e brilho, facilitando o ato de desembaraçar e mantendo o controle de frizz além de oferecer outros benefícios.

Quais óleos vegetais posso usar para ajudar no crescimento capilar?

Entrar no mundo dos óleos vegetais é como estar numa gigantesca biblioteca cheia de opções para cada interesse e necessidade. É legal ter em mente que os cuidados com a haste capilar e o couro cabeludo devem ser personalizados e dependem muito de condições básicas como: tipo de cabelo, grau de porosidade, condição de elasticidade e resistência, características observáveis do couro cabeludo, histórico capilar, dentre outros. Para cada cabeça podemos elencar uma combinação especial de óleos vegetais. Hoje veremos algumas sugestões gerais.

Óleo vegetal de abacate

Rico em vitamina E, o óleo vegetal de abacate tem potencial antioxidante, anti-inflamatório e bactericida. Atua no fortalecimento capilar e ajuda a estimular o crescimento. Além disso, é um ótimo carreador e auxilia na absorção de nutrientes de outros óleos vegetais.

Óleo vegetal de jojoba

O óleo de jojoba possui vitamina E, vitamina A e vitamina B1 e B2. A jojoba tem ação antioxidante, antisséptica, hidratante e estimulante do crescimento capilar. O óleo de jojoba também atua no equilíbrio da oleosidade sendo muito utilizado em tratamentos para distúrbios de oleosidade no couro cabeludo.

E os óleos essenciais, também posso usar?

Os óleos essenciais são diferentes dos óleos vegetais. A primeira diferença é que os óleos vegetais podem ser usados diretamente na pele. Já os óleos essenciais são substâncias aromáticas voláteis e altamente concentradas que podem ser tóxicas na dosagem errada, por isso mesmo os óleos essenciais precisam de diluição segura antes do uso tópico.

A regrinha geral é: para cada 5ml de óleo vegetal, utilize 1 gota de óleo essencial.

Note que as embalagens de óleo essencial são encontradas em pequenos vidros na cor âmbar com bico dosador para facilitar esse controle. Então já sabe: tenha consciência e respeite a quantidade certa. Na dúvida, fique só num blend com óleo vegetal de abacate e óleo vegetal de jojoba: uma combinação que faz maravilhas!

Óleos essenciais para crescimento capilar

O óleo essencial de hortelã pimenta oferece diferentes benefícios: no tratamento capilar, refresca e auxilia no combate da coceira (prurido), estimula a circulação e pode ser um bom aliado do crescimento.

Outro óleo essencial com características interessantes é o óleo essencial de alecrim, que atua como tônico capilar e auxilia no fortalecimento capilar, controle da queda e no estímulo do crescimento.

Mas atenção: os óleos essenciais possuem contraindicações em alguns casos. Primeiro, cabe lembrar que óleo essencial e exposição ao sol não combinam: em função da fotossensibilidade muitos óleos vegetais – como aqueles de característica cítrica – podem causar queimaduras. Por isso, não se exponha ao sol se estiver utilizando um óleo essencial na pele ou couro cabeludo.

Mais um dado interessante: os óleos essenciais geralmente são contraindicados para gestantes, crianças e idosos. Existem também contraindicações específicas para algumas doenças e síndromes. O óleo essencial de alecrim por exemplo é contraindicado para hipertensos. Na dúvida, consulte um profissional da sua confiança.

Para saber mais: o terapeuta capilar é um técnico e profundo conhecedor do sistema capilar e de ferramentas para cuidar da saúde, beleza e e bem-estar. E se você gostou desse post, vale a pena pesquisar também sobre a Aromaterapia e as terapias complementares.

Leia também:

Cronograma capilar SOS cabelo

Projeto rapunzel: dias para crescimento capilar

You may also like