Dicas para finalização de cabelos crespos e cacheados no inverno

cachos no inverno - dicas para reduzir o frizz e fazer o day after durar mais

No outono-inverno a gente se protege como pode, coloca blusa, casaco, meia, cachecol e por aí vai. Você sabia que essas “camadas” são interessantes não só nas roupas mas também são bem-vindas na finalização? Nos dias mais frios, o aparecimento do excesso de frizz é mais intenso, a gente passa mais tempo sem lavar os cabelos e ter um bom day after às vezes é um desafio. Por isso mesmo, pode ser interessante investir em finalizações com mais “camadas” de produtos. Métodos como o LOC (líquido, óleo e creme) ou o COG (creme, óleo e gel) são um bom artifício para garantir mais fixação e dar aos fios o tratamento que eles precisam.

Cachos no inverno: técnicas de finalização

cachos no inverno: imagem contém dicas de método LOC: líquido, óleo e creme

Os produtos para essa tarefa devem ser escolhidos de acordo com a textura (cacheada, crespa ou ondulada) e devem ainda ser aplicados em pequena quantidade para não pesar os fios. Outro cuidado é manter esses produtos  bem longe do couro cabeludo e focar no comprimento e nas pontas.

No caso da técnica LOC, a etapa líquida pode incluir água filtrada pura;  água filtrada com uma tampinha de d-pantenol ou outro item hidratante uma vez por semana; ou até mesmo um spray para dia seguinte mais líquido, como é o caso da água termal umectante presente em diversas marcas.  Após deixar os cabelos úmidos na primeira etapa, aplica-se algumas gotinhas de óleo. Nesse momento, é possível usar  óleo de abacate, óleo de coco, óleo de amêndoas, óleo de cupuaçu, óleo de argan, etc. Para finalizar, escolha um bom leave-in.

cachos no inverno: imagem contém dicas de método COG: creme, óleo e gel.
Na técnica COG, o cuidado com o excesso de produtos é ainda mais importante. Aqui, o finalizador escolhido pode ser mais levinho. Outra opção é optar por um gel ou gelatina mais leve para equilibrar um finalizador mais consistente.

Em que quantidade devo aplicar?

Para quem ainda tem receio de pesar os fios, um truque é fazer o cálculo dessa proporção imaginando uma moeda de 1 real. Em geral, a medida de 1 moeda para o finalizador, 1  moeda de gel e algumas gotinhas de óleo são suficientes para finalizar cabelos crespos e cacheados curtos ou médios.

Mais dicas para cuidar de cabelos crespos e cacheados nos dias frios

Difusor: Nos outono-inverno o uso do difusor é mais frequente por razões óbvias: com aquele friozinho gostoso os fios demoram mais tempo para secar, então o jeito é recorrer ao calor. Por isso mesmo, as imagens que ilustram esse post sugerem um finalizador com proteção térmica.  Essa característica é desejável e essencial no finalizador já que desse modo a gente garante que os fios sofram menos com os efeitos das altas temperaturas.

Temperatura da água: Outra coisa que pode virar rotina na vida de muita gente são as lavagens com água morna ou quente no inverno. SOS! A água quente pode contribuir para o aumento da oleosidade e inclusive intensificar a queda em alguns casos. Por isso mesmo, o ideal é evitar lavar os cabelos com a água quente e usar a água preferencialmente fria e no máximo morna.

Penteados: E por fim, vale lembrar que prender os fios ainda úmidos pode deixá-los enfraquecidos e quebradiços, além de provocar mal cheiro e criar o ambiente ideal para proliferação de fungos. Para evitar o problema, vale a pena investir num difusor para auxiliar na secagem dos fios. Já para quem não tem secador em casa, o ideal mesmo é escolher um dia de sol e fazer a lavagem pela manhã. Nada de lavar de noite e dormir de cabelos molhados heim?

Relaxe!

Esse é um período para exigir menos do seu cabelo. Preze pelo seu conforto, faça uma finalização caprichada e curta seus dias seguintes o máximo possível. Faça coques, afropuff, rabo de cavalo, tranças, e por aí vai. E não se esqueça de beber água heim? Às vezes a gente esquece de se hidratar porque o tempo está mais friozinho e pode sentir o impacto negativo nos cabelos.  Cuide-se! :)

Leia também:

Como cuidar de cabelos cacheados e crespos no inverno

Dicas para finalização em dias de chuva

Dicas para cuidar do couro cabeludo no inverno

 

Foto de capa: Jonas Svidras on Unsplash

Maressa De Sousa

Maressa, 23 anos, baiana. Mestranda em Antropologia. Ama filmes e livros de ficção e aventura. Para ela, a transição capilar marcou o início de muitas outras transformações.







comments


Leave a Comment