Banding: método para reduzir o encolhimento de cabelos crespos

banding: como fazer cabelo crespo encolher menos

Essa semana chegou uma dúvida pra gente lá no Instagram que também é comum aqui no blog: “como reduzir o fator encolhimento do cabelo crespo?”. Sim, a gente sabe que os cabelos crespos costumam encolher bem mais que os cacheados e que inclusive alguns encolhem até 75% do tamanho quando secam. Diante disso, algumas mulheres ficam incomodadas já que os fios estão compridos mas não aparentam o crescimento rapidamente.

Pensando nisso, decidi falar sobre um truque que vi no Pinterest um tempo atrás muito utilizado pelas “gringas” para fazer o cabelo parecer um pouco maior sem usar nenhum tipo de química. E como se trata de um método relativamente simples (em termos de material para fazer) acho que ele pode ser útil em algumas ocasiões, principalmente para as meninas com cabelo crespo 4B e 4C. Esse tal truque se chama “banding”.

O que é banding?

O banding é um método que consiste basicamente em prender o cabelo com xuxinhas ou elásticos, deixando esses acessórios bem espaçados ao longo do comprimento dos fios. O objetivo do banding é esticar o cabelo reduzindo o fator encolhimento.

O que é preciso para fazer o banding?

Para fazer o banding você vai precisar de xuxas ou elásticos. O número depende da quantidade de cabelo e do tamanho das mechas que você vai selecionar. Se optar por elásticos, compre aqueles que não possuem fechamento com metal. Outra coisa necessária é um pouco de óleo vegetal para passar nas xuxinhas/elásticos.  O truque ajuda a retirar as xuxinhas com facilidade e protege os fios.

Como fazer o método banding?

No seu dia de cuidados faça a lavagem normalmente, desembarace bem os fios e finalize como de costume. Quando os fios estiverem completamente secos, divida o cabelo em várias mechas e coloque os elásticos (já umedecidos com o óleo). A quantidade de elásticos em cada mecha dependerá do comprimento do seu cabelo e do quanto você deseja quer ele estique. Inclusive, se não quiser perder completamente a definição das pontinhas por exemplo, você pode deixá-las sem o elástico.

Atenção! Esse processo deve ser feito com cuidado para evitar nós indesejados. Outro cuidado importante é não apertar demais os elásticos próximos ao couro cabeludo para não causar uma tração mecânica muito forte que pode acarretar na quebra os fios.

Muitas americanas fazem esse processo antes de dormir e só retiram os elásticos no dia seguinte. Eu acho que é uma alternativa interessante mas tendo a pensar que se você tiver um tempinho, pode fazer o método banding durante a manhã e durante a tarde vai estar sussa e prontinho pra retirar. Digo isso porque meu cabelo é um crespo 4A e quando noto que ele encolheu demais amarro num coque frouxo por uns 3 minutos e quando solto ele já esticou.

Depois de tirar todos os elásticos você pode apenas usar as mãos para dar um toque final no cabelo, usar pente garfo para dar mais volume e aplicar um pouquinho de óleo vegetal nas pontinhas.

Quais são as vantagens do método banding?

Penso que a principal vantagem do método banding é reduzir o fator encolhimento de forma temporária sem o uso de fontes de calor como secadores e difusores. Por outro lado, ele exige uns bons minutos de dedicação, o que torna o processo de finalização mais comprido. Por buscar transmitir uma rotina prática pra vocês aqui no blog, o que eu sugiro é que esse método seja usado apenas em dias “especiais” digamos assim.

Como eu disse numa postagem lá no Insta, acho que é mais saudável passar “menos tempo fazendo fitagem e mais tempo aproveitando a vida”. E acho que o mesmo vale para outros métodos para definir; para tentar fazer o cabelo crescer mais; para fazer encolher menos e por aí vai. Você, crespa maravilhosa, não precisa ser refém de métodos para definir ou fazer seu cabelo parecer mais comprido. Use, aproveite e explore seu cabelo da forma que achar melhor, mas não se obrigue a nada. Ah, e estou falando de definição aqui apenas como exemplo. O banding não é um método para ganhar definição.

Alguns vídeos sobre “banding method”

Encontrei alguns vídeos sobre o método banding mas infelizmente estão em inglês. Se não der para entender vendo as imagens, digam nos comentários para que eu grave um vídeo em português pra vocês. Notem que cada uma tem um jeitinho próprio de fazer o banding. Algumas inclusive fazem um twist (enrolar uma mecha na outra) antes de colocar os elásticos, o que pode ser uma pra quem quer deixar ondas mais marcadas :)

Minha única observação é que uma delas parece estar com o cabelo bem molhado. Não acho isso legal, principalmente no caso de quem vai fazer a técnica a noite, porque dormir com os cabelos molhados pode causar mau cheiro, incentivar a proliferação de fungos no couro cabeludo e deixar os frios enfraquecidos, então bora evitar né non? Fora isso, acho que assistindo dá pra ter uma boa ideia do processo.

Vídeo 1

Vídeo 2 

Vídeo 3


Por hoje é só, me contem nos comentários se vocês já usaram o método banding e se gostaram :)

Maressa De Sousa

Maressa, 23 anos, baiana. Mestranda em Antropologia. Ama filmes e livros de ficção e aventura. Para ela, a transição capilar marcou o início de muitas outras transformações.







comments


Deixe um comentário

error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não deve ser copiado ou reproduzido sem permissão prévia e sem atribuição dos créditos. Blog Cacheia 2013-2016.